Sábado , Fevereiro 23 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / CITROËN C3 R5 FAZ A SUA ESTREIA NO RALI DO VAR COM YOANN BONATO
CITROËN C3 R5 FAZ A SUA ESTREIA NO RALI DO VAR  COM YOANN BONATO

CITROËN C3 R5 FAZ A SUA ESTREIA NO RALI DO VAR COM YOANN BONATO

  • No âmbito de um intenso programa de testes de desenvolvimento, o Citroën C3 R5 fará a sua primeira aparição pública por ocaisão do Rali do Var, a disputar de 23 a 26 de novembro.
  • Já consagrados Campeões de França de Ralis 2017 aos comandos de um DS 3 R5, Yoann Bonato e Benjamim Boulloud irão participar como “Carro 0”, abrindo os troços desta prova do Campeonato Francês de Ralis.

Desde o íncio de setembro que o Citroën C3 R5 tem vindo a realizar diversas sessões de testes, tanto em pisos de asfalto como de terra. Já numa fase muito aproximada do produto final que será comercalizado no primeiro semestre de 2018, o protótipo confiado alternadamente aos pilotos Stéphane Lefebvre, Craig Breen e Yoann Bonato totaliza já mais de 4000 km percorridos, revelando níveis de performance e de fiabilidade que satisfazem na totalidade.

 

Para a Citroën Racing a próxima etapa consiste na revelação da sua mais recente criação aos olhos do público, pelo que de 23 a 26 de novembro, um Citroën C3 R5 vai abrir, como “Carro 0” o Rali do Var, última prova do Campeonato de França. Ostentando, por isso, o número 0 nas portas, o C3 R5 alinhará, portanto, fora da competição já que também ainda não recebeu a necessária homologação FIA.

 

O Citroën C3 R5 será conduzido por Yoann Bonato, piloto já consagrado Campeão de França após as quatro vitórias conquistadas nos ralis de Limousin, Rouergue, Mont-Blanc e Cœur de France ao volante do seu DS 3 R5. Livres de quaisquer pressões, Yoann e o seu copiloto Benjamin Boulloud poderão, assim, festejar o seu título e, em simultâneo, fornecer informações preciosas aos engenheiros da Citroën Racing. Esta sessão de testes mais completa vai permitir sujeitar o C3 R5 a uma grande variedade de estradas e avaliar a sua facilidade de afinação por parte dos mecânicos.

 

O Rali do Var arranca ao início da tarde de 24 de novembro (sexta-feira) e prolonga-se até ao iníco da tarde de domingo seguinte, depois de cumpridas 14 epeciais que totalizam 183 km. Com um percurso espetacular que serpenteia ao longo das mais belas estradas daquela região francesa, o rali inclui a célebre, e quase sempre decisiva, especial de Collobrières.

 

O QUE ELES DISSERAM

 

Yves Matton, Diretor da Citroën Racing: “O Yoann Bonato fez uma bela época no Campeonato de França e conquistou um novo título para o DS 3 R5. Mesmo sem ter sempre a sorte do seu lado, conseguiu também dar excelentes provas das suas capacidades em WRC2 ao longo das duas últimas temporadas. Nesse sentido, acho que tem toda a lógica confiar-lhe o volante do Citroën C3 R5 no Rali do Var, naquela que será a sua primeira aparição pública. É uma acção que vai colocar sob os olhares atentos este excelente piloto, ele que também participa ativamente no desenvolvimento do nosso novo produto competição-cliente. O Rali do Var dá-nos a oportunidade de mostar o carro a todos os que estiverem bastante interessados, ao mesmo tempo que irá permitir à equipa avaliar o nível de maturidade do desenvolvimento, em condições différentes das de uma sessão de testes.

 

Pierre Budar, Diretor de Desenvolvimento de Veículos Competição-Cliente: “Graças às opções técnicas efetuadas bem antes dos primeiros testes dinâmicos, prosseguimos com as sessões de testes sem deparar com problemas técnicos de maior e atingimos o potencial de performance esperado. Procedendo à avaliação da robustez dos orgãos mecânicos, avançámos com diferentes configurações de afinação, de modo a percebermos a sensibilidade do carro e identificarmos as soluções mais eficazes em termos de performance. Por outro lado, o trabalho importante feito no motor ainda no banco de testes permitiu avaliar diversas configurações e as especificações estão agora definidas para a homologação. Um outro marco importante será alcançado com a nossa participação no Rali do Var, para testar o C3 R5 em condições mais próximas da sua utilização final.

 

Yoann Bonato: “Iniciei a minha carreira com a Citroën no âmbito do Troféu Saxo, algo que me permitiu estar, pela primeira vez, ao volante de um carro oficial. Entretanto, os nossos caminhos separaram-se até ao reencontro em 2016 e foi, de facto, uma excelente oportunidade que me foi oferecida para concluir esta época em beleza. É a primeira vez que esou envolvido, tão no início, no desenvolvimento de um carro. Fiquei de imediato surpreso por encontrar uma base extremamente sã, com imensas capacidades de performance e de afinação. É difícil comparar o C3 R5 com a geração anterior, pois é tudo realmente diferente, da afinação do chassis, ao motor e ergonomia, dando mesmo a sensação de que passámos para uma categoria superior. No Rali do Var, o meu objetivo será dar continuidade ao trabalho de desenvolvimento e obter o máximo de informações para a équipa, mas também quero desfrutar em pleno destas belas estradas.

 

 

Scroll To Top