Domingo , Agosto 18 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / Citroen com dois C3 apenas! (por Carlos da Silva)
Citroen com dois C3 apenas! (por Carlos da Silva)

Citroen com dois C3 apenas! (por Carlos da Silva)

 

Numa entrevista concedida a revista francesa AUTOhebdo.fr, o “patrão” daCitroën Racing Yves Matton declarou que Citroen terá apenas duas unidades oficiais do futuro C3 WRC na próxima temporada. O primeiro será entregue a Kris Meeke (que tem um contrato com a equipa francesa até 2018), sendo que Stéphane Lefebvre e Craig Breen poderão dividir entre si o segundo carro ao longo do campeonato, isto se Thierry Neuville não fizer igualmente parte dos planos da equipa francesa, segundo alguns rumores que ali e ali vão surgindo…

Segundo Matton:” Eu ainda estou procurando um segundo piloto para 2017. Eu não tenho qualquer obrigação de escolher o Stéphane ou o Craig. O único objectivo é fazerem o melhor possível, face ao nível e experiência de ambos. Será um segundo piloto único, que eu vou escolher entre vários pilotos que poderão entrar nos meus planos. Até hoje ainda não decidiu qual, no entanto alguns deles já foram descartados. Durante este mês, o programa para os próximos três anos da minha equipa será definido, e só após começarei então a negociar com os potenciais candidatos.”

Relativamente a questão de ter apenas dois carros inscritos e não três como se afigura na Toyota, Hyundai e na Volkswagen, Matton concluiu que: “Em momento algum a Citroen afirmou que iria ter três unidades, algo que estou completamente em desacordo se tal regra for imposta. A única forma para a Citroën ter um terceiro carro seria para a formação de jovens pilotos, algo que hoje em dia não é compatível no Mundial de Ralis, pois é um dos maiores inconvenientes da WRC: existem mais baquets disponíveis do que os pilotos de alto nível! Um problema que a FIA terá de resolver.”

Quanto ao desenvolvimento do C3: “Em breve teremos um segunda unidade para trabalhar na sua evolução em pisos de asfalto. Não há nenhum ponto de avaliação entre o novo e o actual WRC, mas o carro foi testado nas mesmas especiais para comparar-mos pontos específicos, tais como a facilidade de condução. O (Alex) Bengue está indisponível devido a uma lesão, mas esperamos que esteja de volta para pilotar o carro no final do mês. Estamos a readaptar o nosso simulador e estamos trabalhando para prolongar o nosso contrato com a FIA por mais um ano na JWRC”.

 

Scroll To Top