Quarta-feira , Novembro 25 2020
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / CNTT de regresso. Test Day TT foi um êxito
CNTT de regresso. Test Day TT foi um êxito

CNTT de regresso. Test Day TT foi um êxito

Muita adrenalina, salutar convívio e tudo dentro das regras exigidas pela DGD

As máquinas e pilotos do melhor campeonato de todo-o-terreno da europa regressaram ao seu habitat natural depois de três meses de confinamento originado pela pandemia do Covid 19. Antecedendo as competições, que irão regressar a partir de setembro, três dezenas de SSV e uma dezena de Motos marcaram presença no Test Day TT que teve lugar Herdade da Ameixoeira, concelho da Azambuja, a poucos quilómetros de Lisboa.

O evento, enquadrado pela FMP, foi organizado pela equipa do CPKA que, com a colaboração da Seção de Motorismo da Sociedade Artística Reguenguense e da A2 Comunicação, preparou um excelente programa de ação tendo por base um magnífico troço com 10 quilómetros de extensão, que foi percorrido por seis vezes.

O evento contou ainda com um extraordinário apoio do Município de Azambuja, que em muito contribui para as excelentes condições do Padock, da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alcoentre e de dois clubes locais: o Clube TT Msl e o Resgate TT.

Foram cumpridas todas as regras exigidas pela DGS para a realização de um evento desta natureza: a todas as pessoas foi medida a temperatura antes de entrarem para a área do evento que estava vedado ao publico, o uso da máscara foi obrigatório, assim como o distanciamento social. O evento dispunha ainda de uma sala de isolamento, para o caso de ser necessário o confinamento imediato de algum elemento, que aparentasse estar infetado com o Covid 19, um Posto Médico com 2 Médicos e um sistema de segurança com comunicações via rádio.

Desportivamente falando o evento não teve carater competitivo, mas tratando-se de um treino com todas as condições para os pilotos aferirem o andamento das suas máquinas e as suas próprias performances, permitiu um salutar empenho de todos e uma enorme adrenalina.

Com uma boa parte dos principais pilotos dos SSV presentes a disputa pelos melhores tempos foi muito animada com as marcas a baixarem sucessivamente a ponto de no final 13 pilotos terem ficado abaixo dos 9 minutos, o que de início parecia estar apenas ao alcance de 3 ou 4.

João Dias (Benimoto Racing) com 8m32s, Luís Cidade (Can-am Off Road Portugal) com 8m40s e Pedro Carvalho (Vitória FC by SGS Car) com 8m42s todos em Can-Am Maverick foram os mais rápidos. Nas motos, onde se registou a presença e duas senhoras, o melhor tempo foi alcançado pelo consagrado Salvador Vargas que aos comandos de uma Husqvarna realizou 9m12s.

 

Scroll To Top