Terça-feira , Setembro 17 2019
ÚLTIMAS
Home / RALLYCROSS / Confusão a seguir à partida, determinou os resultados
Confusão a seguir à partida, determinou os resultados

Confusão a seguir à partida, determinou os resultados

 

A primeira curva do circuito de Montalegre, ditou os resultados, da prova de Kartcross que lá se realizou, este fim de semana.

Foi a sexta e antepenúltima jornada do Campeonato de Portugal de Kartcross. Uma prova que teve 12 participantes e cujos resultados ficaram marcados pela confusão que aconteceu na primeira curva do circuito, logo na volta inicial da final. Toques e empurrões, que até foram considerados como situações de corrida, pois o, ou os, prevaricadores não foram penalizados.

Um dos prejudicados, foi Luís Almeida, pois o toque que lhe foi dado, “atirou” o LBS Motorclub RX01, para a última posição. Atrás dele, só dois pilotos que não conseguiram voltar à corrida.

Na altura do toque, Almeida estava na terceira posição, a curvar junto à corda.

O piloto da LA Motorsport não conseguiu, de imediato, regressar à corrida e ficou atrasado, relativamente ao pelotão.

Nas voltas seguintes, foi recuperando o tempo perdido e até algumas posições. Terminou na sexta posição, quando poderia ter sido dele um lugar do pódio.

Na confusão, ficou Maikel Vilas, outro piloto que corre com um LBS Motorclub, marca que Luís Almeida representa em Portugal.

“Estas situações de toques, como o que aconteceu, deveriam ser penalizadas. Temos de respeitar todos os nossos adversários, mas, quando alguém não o faz, tem de ser repreendido. Não podemos chegar quase ao final de uma temporada, sem que nada fosse feito, disciplinarmente, aos causadores deste tipo de confusões”, referiu Luís Almeida, no final da corrida.

As classificações finais tardaram a ser publicadas, mas a carambola da curva inicial, foi considerada, pela organização, uma situação normal de corrida.

 

Scroll To Top