Terça-feira , Setembro 17 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / Daniel Berdomás/David Rivero alcançam o terceiro triunfo consecutivo na copa
Daniel Berdomás/David Rivero  alcançam o terceiro triunfo consecutivo na copa

Daniel Berdomás/David Rivero alcançam o terceiro triunfo consecutivo na copa

 

 

Já vitoriosos nos ralis Sierra Morena e de Portugal, Daniel Berdomás e David Rivero alcançaram, no presente Rali Terras d’Aboboreira, a sua terceira vitória consecutiva na PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2019. Com este importante resultado, somado ao registo da maioria dos melhores tempos em troços, a dupla espanhola enfrentará os dois derradeiros confrontos do ano, ambos a realizar em Espanha, com um avanço substancial sobre os seus mais diretos adversários.

Nesta que foi a 4ª prova da presente temporada da copa coorganizada pela Peugeot Portugal e Peugeot Espanha, neste segundo e último dia tiveram de controlar o andamento das duplas Carlos Fernandes/Bruno Abreu e Ricardo Costa/Paulo Marques, ocupantes dos restantes degraus do pódio.

Demonstrando a robustez e fiabilidade dos Peugeot 208 R2 que servem de base à PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA colocada na estrada pela Sport & You, terminaram o rali todos os 12 carros que esta manhã iniciaram a 2ª Etapa do rali.

Posicionando-se como os mais rápidos em 5 das 8 Especiais efetivamente disputadas neste Rali Terras d’Aboboreira (a ES6 foi neutralizada e a ES10 foi anulada), Daniel Berdomás e David Rivero alcançaram a sua terceira vitória consecutiva na PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2019. A dupla espanhola iniciou o dia com uma curta vantagem, mas souberam dilatá-la ao longo das primeiras classificativas, para que depois pudessem gerir o andamento nos troços da tarde.

 

 

“Estou naturalmente contente com esta 3ª vitória do ano, que me permitiu acumular uma pontuação que nos fará chegar ao Rally RACC Catalunya com uma margem significativa em termos de copa. Quanto ao dia de hoje, os troços estavam mais sujos nas segundas passagens, mas não houve nada de anormal a registar e conseguimos o 1º lugar,” referiu o piloto à chegada ao Parque de Assistência final, antes de rumar ao pódio de consagração, montado em Baião.

 

Lutando com eles ao longo de toda esta 2ª Etapa estiveram os Peugeot 208 R2 de Carlos Fernandes/Bruno Abreu (os mais rápidos em 3 troços) e de Ricardo Costa/Paulo Marques, que terminaram a prova a 11,6 e 31,0 segundos dos vencedores. “Num dia em que fizemos tudo para chegar à vitória, estou , ainda assim, contente pelo resultado conseguido e ainda mais com o facto de, aos 35 anos, ter conseguido ser o mais rápido em 3 troços, à frente destes jovens leões do troféu. Sobre o 208 R2, há ainda coisas a limar e a aprender, o que vamos tentar fazer em Espanha, para conseguir, finalmente, uma vitória,” referiu Carlos Fernandes, ocupante do 2º lugar no final. Já Ricardo Costa, aqui vencedor da Junior Cup, afirmava “estar feliz por este 3º lugar na nossa apenas terceira prova, onde adotámos um ritmo simultaneamente forte e controlado, para evitar surpresas de maior. Temos ainda muito a explorar e a aprender. Vamos tentar fazê-lo em Espanha, já que este resultado poderá abrir as portas a que os patrocinadores nos reforcem o apoio”.

 

Atrás deles ficaram os 208 R2 de Ruiari Bell/Darren Garrod, dos britânicos que se impuseram a um conjunto de quatro dupla espanholas – José Luís Pelaez/Rudolfo del Barrio, Óscar Palomo/Javier Martinez, que hoje recuperaram duas posições, Delbin Garcia/Cândido Carrera e Santiago García Paz/Néstor Casal – que encetaram animadas lutas entre si pelas melhores posições nesta 5ª prova de 2019 da copa ibérica.

 

Igualmente candidatos a um dos lugares do pódio, Hugo Lopes/Nuno Mota Ribeiro iniciaram a manhã de hoje no 2º lugar provisório, posição que perderiam depois de uma saída de estrada no primeiro troço da manhã. Caindo para a 12ª e última posição, encetaram, depois, a recuperação possível, vindo a fechar o top-10, logo atrás de Filipe Nogueira/João Vieira, depois de ultrapassarem Ricardo Sousa/Alexandre Rodrigues e de Paulo Moreira/Marco Macedo, duplas que fecham a tabela classificativa.

 

Em termos de pontuações, Daniel Berdomás somaram, assim, os 25 pontos da vitória e mais 2,5 pontos por registar os 5 melhores cronos nos troços, pelo que passam a somar 93,43 pontos. Seguem-se-lhe Josep Bassas (47,38 pontos), Carlos Fernandes (44,71), Daniel Nunes (44,09) e Ruiari Bell (40), a fechar o top-5 dos Pilotos; nos Navegadores David Rivero soma os mesmos 93,43 pontos do seu piloto, tendo atrás de si Darren Garrod (40 pontos) e Paulo Lopes (29,62).

 

PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2019 – RALI TERRAS D’ABOBOREIRA

Classificação Final (provisória)

1º Daniel Berdomás / David Rivero, 52m52,6s

2º Carlos Fernandes / Bruno Abreu, a 11,6s

3º Ricardo Costa / Paulo Marques, a 31,0s – 1º da Junior Cup

4º Ruairi Bell / Darren Garrod, a 56,9s

5º José Luís Pelaez / Rudolfo del Barrio, a 1m13,2s

6º Óscar Palomo / Javier Martinez, a 1m14,6s

7º Delbin Garcia / Cândido Carrera, a 1m22,8s

8º Santiago García Paz / Néstor Casal, a 2m01,2s

9º Filipe Nogueira / João Vieira, a 2m08,4s

10º Hugo Lopes / Nuno Mota Ribeiro, a 2m20,7s

11º Ricardo Sousa / Alexandre Rodrigues, a 2m26,9s

12º Paulo Moreira / Marco Macedo, a 3m00,9s

Abandonos: Josep Bassas / Manuel Muñoz (acidente no Shakedown); Pedro Antunes / Paulo Lopes (voluntário antes do rali se iniciar, por motivos familiares).

Nota: todos em Peugeot 208 R2

 

Esta foi a última jornada da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA corrida em Portugal no presente ano, sendo que as duas últimas provas do ano correm-se em Espanha, nomeadamente o Rally RACC Catalunya/Rally de España (1ª Etapa, entre 24 e 25 outubro) e o Rally Comunidad de Madrid (23 e 24 novembro).

 

Organizada pela Peugeot Portugal e Peugeot Espanha, a PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA tem o patrocínio da Huawei, Vodafone, Pirelli e Total e o apoio logístico da Sports & You.

 

 

Scroll To Top