Segunda-feira , Julho 22 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / DANIEL TEIXEIRA A ESTREIA EM CASA
DANIEL TEIXEIRA A ESTREIA EM CASA

DANIEL TEIXEIRA A ESTREIA EM CASA

Daniel é um jovem de Murça, que sempre sonhou em correr. Este fim-de-semana o sonho torna-se realidade, graças ao apoio do pai: Joaquim Teixeira.

Os automóveis são para Daniel mais do que um simples sonho. Quase se pode dizer que nasceu no meio. O pai é um dos pilotos da frente do Campeonato Nacional de Montanha e a correr em casa, quase se pode dizer que a Rampa da Porca de Murça, se transformou numa questão familiar.

“Participar nesta prova para mim é uma alegria imensa, porque embora já não esteja a morar diariamente em Murça, nunca vai deixar de ser a prova da minha terra, onde tenho muitos amigos, família e é a terra que mais me toca, por isso este é um momento de enorme alegria para mim.” Confessa Joaquim Teixeira, que nesta prova tem um adversário muito especial.

O seu filho Daniel, vai encarar a participação como “a realização de um desejo antigo, natural para quem há vários anos acompanha por dentro o desporto automóvel, mas que por falta de apoios nunca foi possível realizar. Além disso, reveste-se esta estreia de um interesse muito especial, por acontecer na minha terra natal.”

Quanto à “questão familiar”, Daniel desvaloriza o facto: “Seria uma “competição” bastante mais equilibrada caso acontecesse num qualquer kartódromo, com “armas” equivalentes. No caso da Rampa porca de Murça, não existirá qualquer “competição familiar” dada a minha falta de experiência, associada a menor competitividade do Clio face ao Leon.”

Mas competições à parte a “questão familiar” está bem presente e nota-se nas palavras (babadas) do pai: “Este ano a alegria é enorme, porque consegui que pela primeira vez o meu filho participe nesta prova. Sabia que era um desejo dele desde pequeno e com a ajuda de um grande amigo que é o Martine Pereira, que desde a primeira vez que lhe falei neste assunto, me disponibilizou o Clio e toda a logística, me permitiu conseguir concretizar este desejo do meu filho.”

“Espero que a prova lhe corra bem, sem contratempos, até porque ele não vai lutar por pontos no campeonato, e sei que é consciente e não vai exceder os limites numa prova onde vai ser tudo novo para ele.” Remata o líder da classificação da Categoria 5.

Daniel Teixeira vai estrear-se aos comandos de um Renault Clio RS200 que, à data, é uma grande incógnita para o piloto estreante: “se por um lado o meu profundo conhecimento do traçado poderá ser um elemento facilitador desta estreia no desporto motorizado, por outro o meu total desconhecimento do comportamento do carro em estradas de montanha será o principal elemento condicionante. Mas fazer parte de uma prova onde também participará o meu pai torna esta experiência ainda mais interessante.” Confessa o mais jovem dos Teixeiras.

 

Scroll To Top