Segunda-feira , Dezembro 10 2018
ÚLTIMAS
Home / RALLYCROSS / DOIS PEUGEOT 208 WRX EVO NO PÓDIO
DOIS PEUGEOT 208 WRX EVO NO PÓDIO

DOIS PEUGEOT 208 WRX EVO NO PÓDIO

 

 

04.08 e 05.08.2018 | 7º PROVA – TROIS RIVIÈRES (Canadá)

 

O Team PEUGEOT Total obteve o 2º e 3º lugar na ronda canadiana do Campeonato do Mundo FIA de Ralicross 2018 (7ª prova de 12), conquistados, respetivamente, por Timmy Hansen e Sébastien Loeb. Este resultado reforça a pontuação da equipa nos Campeonatos de Pilotos e Equipas, e confirma o potencial das evoluções técnicas do novo PEUGEOT 208 WRX EVO, modelo que fez a sua estreia competitiva na Suécia, no mês passado. É também uma justa recompensa para toda a equipa da PEUGEOT Sport, que tem trabalhado arduamente para ser competitiva num curto período de tempo. Menos sorte teve o piloto mais jovem da equipa, Kevin Hansen, que, ao volante de um carro com as especificações iniciais de 2018, ficou impedido de completar a Semi-Final devido a problemas técnicos, isto depois de, até então, ter confirmado uma forte evolução no seu andamento ao longo de todo o fim de semana.

 

Bruno Famin, Diretor da PEUGEOT SPORT

“Este fim de semana demonstrámos, de novo, que o Evo é um carro rápido. No entanto, temos de continuar a trabalhar em todos os detalhes que nos permitam converter essa rapidez em vitórias. Claro que é sempre bom alcançar uma dupla presença no pódio, mas aquilo que procuramos mesmo é ganhar. Graças a um excelente trabalho de equipa, progredimos bastante desde Holjes, na Suécia, palco da estreia do 208 WRX EVO, no mês passado. Agora vamos continuar a trabalhar a fundo em direção ao nosso próximo objetivo: melhorar o nosso desempenho e tentar vencer em casa, em Loheac, no início de setembro.”

Sébastien Loeb, PEUGEOT 208 WRX #9

“Para mim, o fim de semana foi de altos e baixos, como acontece regularmente no ralicross. No sábado, tivemos um dia perfeito, mas no domingo não foi assim tão bom: de manhã sofri um toque do Mattias Ekstrom e depois, na Semi-Final, cometi um erro, que implicou ter de arrancar da terceira fila na final, o que nunca é fácil. Mesmo assim consegui terminar no pódio, juntamente com o Timmy, pelo que, no final de contas, estou satisfeito com este resultado coletivo. Introduzimos imensas evoluções neste carro desde a sua estreia na Suécia e os progressos estão à vista: lutamos contra os melhores carros das equipas de fábrica e estamos bem posicionados em ambos os campeonatos. Foi um fim de semana de luta intensa e estou feliz por ter chegado ao pódio.”

Timmy Hansen, PEUGEOT 208 WRX #21

“Foi apenas a 2ª vez que conduzimos este carro após a sua estreia na Suécia e devo dizer que este fim de semana me senti muito mais à vontade ao volante. Fizemos um bom trabalho nos testes em Riga, pelo que senti muito mais confiança. No geral, tive um bom fim de semana, mas, na Final, não arranquei da melhor forma. Apesar disso, consegui colocar-me em 2ª logo na primeira curva. Depois disso, não quis correr mais riscos, pois já há algum tempo que não chegava ao pódio. Não queria mesmo nada sofrer um furo ou qualquer coisa do género, por isso fui sempre muito cauteloso em todas as voltas, em especial na Curva 5. Fizemos uma boa corrida e acho que o Johan, o vencedor, não conseguiu ganhar-nos com uma grande vantagem, o que demonstra bem a rapidez do nosso novo carro. Ainda temos muito trabalho a fazer, pelo que, a partir de agora, o caminho é sempre em frente.”

 

 

Kevin Hansen, PEUGEOT 208 WRX #71

Na Semi-Final arranquei muito bem, estive quase em primeiro na Curva 1, mas depois tentei passar por fora e fiquei preso: não foi fácil. Acabei por sofrer diversos embates e avancei para a Joker Lap, acabando por me envolver noutra dura batalha onde estava a conseguir alguma vantagem. Infelizmente, na volta seguinte, o meu carro começou a perder velocidade devido a um problema no motor e tive mesmo de parar. E foi aí que tudo acabou. O mais importante, no final de contas, é que tivemos dois carros no pódio, o que me deixa bastante feliz. Acho que temos um espírito de equipa que mais ninguém tem. Do meu ponto de vista, estou muito satisfeito com o meu rendimento, o carro é excelente e sinto que estou constantemente a ganhar confiança.

 

 

RESULTADO DA FINAL DE TROIS RIVIÈRES

  1. Johan KRISTOFFERSON – 05:00.190
  2. Timmy HANSEN – 05:00.886
  3. Sébastien LOEB – 05:02.337
  4. Mattias EKSTRÖM – 05:03.556
  5. Petter SOLBERG – 05:04.228
  6. Janis BAUMANIS – 05:10.140

CAMPEONATO DE PILOTOS (após 7ª prova de 12)

  1. Johan KRISTOFFERSSON / Volkswagen Polo R – 195 pontos
  2. Sébastien LOEB / PEUGEOT 208 WRX 140
  3. Timmy HANSEN / PEUGEOT 208 WRX 140
  4. Andreas BAKKERUD / Audi S1 – 139
  5. Petter SOLBERG / Volkswagen Polo R – 139
  6. Mattias EKSTRÖM / Audi S1 – 134
  7. Kevin HANSEN / PEUGEOT 208WRX – 88

CAMPEONATO DE EQUIPAS (após 7ª prova de 12) 

  1. PSRX Volkswagen Sweden – 334 pontos
  2. Team PEUGEOT Total – 280
  3. EKS Audi Sport – 273
  4. GRX Taneco – 141
  5. GC Kompetition – 83
  6. Olsbergs MSE – 57

 

 

PRÓXIMA PROVA: LOHEAC (FRANÇA)

A próxima prova do Campeonato do Mundo FIA de Ralicross (World RX) é extremamente importante para a PEUGEOT Sport, que vai estar a correr em casa, na pista de Loheac, na Bretanha, nos próximos dias 1 e 2 de setembro, depois de um merecido período de férias para toda a equipa. O circuito de Loheac é rápido e dinâmico, constituído por 66% em terra e 41% em asfalto, numa extensão total de 1,088 km. O recorde da pista pertence a Sébastien Loeb, pelo que o Team PEUGEOT Total só pensa num bom resultado para o 208 WRX em casa, e a legião de fãs locais lá estará em força a dar o seu apoio.

 

Scroll To Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com