Terça-feira , Julho 23 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / DOMINGOS FERNANDES NÃO MUITO SATISFEITO NA RAMPA DA FALPERRA
DOMINGOS FERNANDES NÃO MUITO SATISFEITO NA RAMPA DA FALPERRA

DOMINGOS FERNANDES NÃO MUITO SATISFEITO NA RAMPA DA FALPERRA

 

 

Uma nova bátega de chuva abatia-se no topo da Rampa da Falperra, quando Domingos Fernandes estaciona o seu Autobianchi depois da derradeira subida de prova.Com cuidado para não apanhar chuva, o piloto de Armamar, rapidamente ruma para debaixo duma tenda, onde retira o seu capacete e o  sistema Hans, e começou logo por nos dizer “não gostei nada do comportamento do carro”.

 

A verdade é que Domingos Fernandes não começou nada bem na 1ª subida de prova, fazendo 4.34.908, para na segunda subida conseguir melhorar um pouco mais com 3.51.705, para na derradeira subida conseguir melhor ainda mais com 3.48.090, tudo num total de 7.39.855.Segundo Domingos Fernandes “ o carro não desenvolvia tanto como na Penha, não sei o que se passou ali. O Arantes no intervalo das subidas ainda tentou ver o que se passava, a verdade é que consegui melhorar os tempos, mas com diferenças pequenas, queria mais, pois tenho carro para isso. Agora vamos ver o que motivou tudo isto, pois na Rampa da Covilhã quero andar mais depressa, pois esse será o objectivo,” disse-nos

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL CATEGORIA

 

TROFÉU NACIONAL DE MONTANHA 1300

 

1º Roberto Meira – Fiat Punto

2º Francisco Leite – Fiat Punto

3º Armando Freitas – Toyota Starlet

4º  Arnaldo Marques – Datsun 1200

5º Abel Marques – Autobianchi A 112

6º Ricardo Sousa – Fiat Punto

7º Pedro Oliveira – Datsun 1200

8º DOMINGOS FERNANDES – AUTOBIANCHI A 112

 

 

Scroll To Top