Sexta-feira , Dezembro 3 2021
ÚLTIMAS
Home / RALI / Domingos Sport entre o melhor e o pior no rali Alitém
Domingos Sport entre o melhor e o pior no rali Alitém

Domingos Sport entre o melhor e o pior no rali Alitém

Num rali que se adivinhava ser de sonho para a nossa equipa, a 5ª PEC “Albergaria dos Doze 2” veio deitar por terra a ambição e as aspirações que tínhamos para esta prova, e que estavam a correr como planeado.

De salientar o magistral rali realizado por Armando Carvalho e Ana Santos a bordo do Mitsubishi Lancer EVO V, indo de encontro às nossas expectativas antes do rali. Foi uma mais que merecida e meritória vitória para a dupla, realizando uma prova inteligente e sem erros.

Realizando uma prova digna de um verdadeiro campeão, Rui Madeira acompanhado pela jovem Liliana Costa, foram quem mais se aproximou da luta pela vitória, a bordo do Mitsubishi Lancer EVO IX. Uma dupla que nunca deixou os créditos por mãos alheias e mantiveram até final a incerteza de quem sairia vencedor de Albergaria dos Doze.

Alexandrino Dinis e Luís Ribeiro realizaram em Albergaria um rali dentro do que era expectável. Naquele que foi o seu 3º rali realizado, segundo em pisos de terra, deixaram na 6ª PEC a ideia de que poderiam ter feito mais e melhor ao longo de toda a prova.

No seu primeiro rali em pisos de terra ao volante do Peugeot 208 R2, Eduardo Santos acompanhado de Inês Veiga realizaram uma prova inteligente e em crescendo, mostrando a maturidade necessária para alcançar os objetivos, onde o 9º lugar da classificação geral é espelho disso mesmo.

E quando prevíamos um pódio completo Domingos Sport e vitória incontestável no campeonato centro de ralis, a 5ª PEC deitou por terra as nossas aspirações, sendo madrasta para as duplas Rui Santos / João Sebastião em Subaru Impreza e para Daniel Ferreira / Rodrigo Pinheiro em Mitsubishi Lancer EVO IX.

Rui Santos tinha garantida a vitória nas contas do campeonato centro de ralis e lutava pelo 3º lugar do pódio com Daniel Ferreira, com ambos a ficaram arredados de poder terminar a prova devido a problemas mecânicos. Foi um final triste e injusto, mas são as contingências dos ralis!! Para nós ficou um enorme “amargo de boca”.

Pelo caminho com problemas mecânicos que os impossibilitaram de terminar a prova ficaram também as duplas, José Viana Martins / Gonçalo Palmeira e Francisco Santos / Joana Rodrigues, em Peugeot 206 e BMW 325 IX, respetivamente.

&nbsp

Scroll To Top
Posting....