Quinta-feira , Maio 23 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / DS VIRGIN RACING E SAM BIRD NO PÓDIO EM PARIS
DS VIRGIN RACING E SAM BIRD NO PÓDIO EM PARIS

DS VIRGIN RACING E SAM BIRD NO PÓDIO EM PARIS

 


 

O piloto britânico conquistou o terceiro lugar na última volta, num final de prova verdadeiramente espetacular.

A DS Virgin Racing mantém o segundo lugar dos Campeonatos do Mundo de Equipas e Pilotos.

A Fórmula E regressa a 19 de maio com o E-Prix de Berlim.

 

O piloto da DS Virgin Racing, Sam Bird, assegurou o terceiro posto no emocionante E-Prix de Paris deste fim-de-semana, tendo o britânico conquistado o seu lugar final no pódio na última curva da última volta. Este resultado significa que a equipa mantém a sua dinâmica no campeonato 100% elétrico, assegurando o segundo lugar nas tabelas de Equipas e de Pilotos.

 

Mais uma vez, Bird foi extremamente rápido desde o início, dominando as tabelas de tempos logo na primeira sessão de treinos, com o seu colega da equipa, o também britânico, Alex Lynn, na sexta fila. Nas sempre importantes sessões de qualificação, Bird perdeu por muito pouco a pole para Jean-Eric Vergne, com Lynn a posicionar-se na 15ª linha da grelha, apesar de estar a apenas meio segundo do tempo de referência!

 

À medida que a prova se desenrolava, Bird conseguiu aguentar os ataques de André Lotterer e manteve o segundo posto durante a primeira metade da corrida, mantendo sempre pressão sobre o líder, Vergne.

 

Depois, na segunda metade da corrida, Lotterer atacou fortemente por dentro à 35ª volta para “apertar” Bird, e Lucas di Grassi desferiu o mesmo tipo de ataque na volta seguinte. Colocado na quarta posição, parecia que o britânico iria falhar um lugar entre os três primeiros, mas, apenas a alguns segundos do final, Lotterer – agora em terceiro – esgotou a sua energia. Com o carro da Techeetah a “arrastar-se” já com a meta à vista, Bird não conseguiu evitar o embate em Lotterer, mas conseguiu dominar a situação e cruzou a meta em terceiro, registando o seu 14º  pódio na Fórmula E. Apesar do seu andamento, Lynn foi incapaz de ir além de um 14º posto final.

 

Sam Bird: “Foi um bom fim-de-semana para toda a equipa, mas o Jean-Eric [Vergne] fez uma corrida muito inteligente e não conseguimos dar-lhe a devida réplica. Ele merece totalmente esta vitória e eu sei o significado de  vencer em casa. Foi, sem dúvida, uma corrida recheada de emoção e estou muito satisfeito com o meu terceiro posto, bem como com os pontos arrecadados para mim e para a equipa.”

 

Alex Lynn: “Infelizmente, para mim não foi o melhor fim-de-semana. Da minha parte, não posso dizer que a qualificação tenha corrido bem, o que resulta sempre em mais dificuldades na corrida. Consegui ganhar algumas posições mas, infelizmente, não foi possível chegar a um lugar melhor na grelha. Contudo, sei que tenho um bom andamento e vamos estar em força em Berlim.”

 

 

Alex Tai, Diretor da DS Virgin Racing Team: “Paris foi um fim-de-semana fantástico para a equipa, dentro e fora da pista. Foi excelente ver o Sam outra vez no pódio, ainda por cima na cidade natal da marca automóvel nossa parceira, a DS Automobiles. Também organizámos aqui uma Cimeira da Inovação, e ainda anunciámos  um novo parceiro, a STANLEY Black & Decker, bem como um novo acionista maioritário da equipa, a Envision. Apenas com quatro corridas até final da temporada, a equipa mantém-se numa posição bastante forte, e temos já os olhos postos na próxima corrida.”

 

Xavier Mestelan Pinon, Diretor da DS Performance: “É ótimo ver o Sam no pódio três vezes de seguida, especialmente entre os três primeiros em Paris, ou seja, em casa. Também é ótimo estarmos na corrida para ambos os títulos neste exigente campeonato.”

 

Yves Bonnefont, CEO da DS Automobiles: “Foi uma excelente corrida em Paris. Estamos muito felizes com o espetáculo que proporcionámos aos fãs da DS. O Sam Bird consegui terminar a corrida apenas com três rodas, tal como fazia o DS de 1955… É uma tradição da nossa marca.”

 

 

Scroll To Top