Sexta-feira , Dezembro 4 2020
ÚLTIMAS
Home / MODALIDADES / Fábio Mota passa por fim-de-semana difícil
Fábio Mota passa por fim-de-semana difícil

Fábio Mota passa por fim-de-semana difícil

 

Fábio Mota teve um fim-de-semana difícil no Kartódromo Internacional de Leiria, onde se disputou a primeira ronda do Campeonato de Portugal FPAK de Karting, terminando o evento com um abandono.

Depois das boas indicações dadas há duas semanas no Open de Portugal FPAK de Karting, o piloto de Vila Nova de Gaia abordava a primeira prova do campeonato com optimismo e com a motivação para somar pontos importantes para o certame.

No entanto, algumas dificuldades técnicas com o acerto do chassis Sodikart, um acidente na primeira Manga de Qualificação e uma penalização na segunda, levaram a que Fábio Mota arrancasse para a Pré-Final deste domingo da última posição da grelha de partida.

O gaiense não baixou os braços e, com uma postura de ataque, recuperou posições, assegurando o sexto lugar, o que lhe garantia o mesmo posto na grelha de partida para a decisiva Final da tarde dominical.

Na corrida de todas as decisões Fábio Mota assinou um arranque fulgurante, terminando a primeira volta no terceiro lugar, o que lhe abria excelentes perspectivas para um bom resultado.

No entanto, na partida, um ligeiro toque de um adversário descolou o pneu traseiro/esquerdo do seu kart, que foi perdendo ar ao longo da prova, o que o obrigou a perder posições consistentemente.

O abandono acabou por ser inevitável, estavam cumpridas doze voltas, para desespero do piloto de Vila Nova de Gaia. “Foi um fim-de-semana complicado. No início tivemos algumas dificuldades, mas recuperámos e mostrámos um andamento rápido e consistente que nos permitia estar na luta pelos cinco primeiros lugares. Tivemos algumas contrariedades, mas na Final estávamos na luta pelos lugares do pódio. Contudo, tivemos um azar e isso obrigou-me ao abandono”, afirmou o piloto da Motocane.

Apesar do desapontamento, Fábio Mota retira alguns pontos positivos de um fim-de-semana que se mostrou difícil, mas confirmou a sua competitividade. “Muito embora tenhamos tido muitas contrariedades, conseguimos dar a volta e na Final estávamos na luta pelas posições cimeiras, o que diz bem da resiliência de toda a equipa. Mostrámos um ritmo forte e um lugar entre os cinco primeiros estava perfeitamente ao nosso alcance, mas as corridas são assim. Agora é olhar para a próxima etapa do Campeonato de Portugal FPAK de Karting”, sublinhou o piloto de Vila Nova de Gaia.

Fábio Mota regressa à competição nos próximos dias 4 e 5 de Abril para disputar a segunda ronda do Campeonato de Portugal FPAK de Karting, que terá lugar no Kartódromo de Viana, em Viana do Castelo.

 

Scroll To Top