Domingo , Março 24 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / FERNANDO XAVIER COM JORNADA ACIDENTADA
FERNANDO XAVIER COM JORNADA ACIDENTADA

FERNANDO XAVIER COM JORNADA ACIDENTADA

 

 

O piloto do Volkswagen Scirocco não teve de forma alguma um fim de semana fácil no circuito de Vila Real, onde acabaria por ser protagonista duma carambola na primeira corrida, que quase o enviava para casa mais cedo. Mas a verdade é que Fernando Xavier acalentava a esperança de fazer um bom resultado no circuito de Vila Real, mas logo na sessão de treinos livres começaram os problemas, pois chegou um bocado tarde, e ao curvar bateu com o carter em cheio nos correctores da chicane de Mateus, abrindo logo uma fissura .Com isso apenas fez duas a três voltas e não deu para mais, pois perante este incidente, foi rumar logo para as boxes, para tentar remediar toda a situação. A verdade é que este obstáculo foi ultrapassado, e na sessão de treinos cronometrados, Fernando Xavier faz apenas quatro voltas, pois sofre um toque por parte do Datsun 1200 de Paulo Antunes, e isso tudo originou que viesse a partir da oitava linha da grelha.

 

Mal se acendo o semáforo verde para a primeira corrida do fim de semana, Xavier sai muito bem, mas nada melhor do que ser o piloto a descrever o que se passou a bordo do Scirocco, “ arranquei muito bem ia do lado direito da pista, quando duas curvas após a partida, de repente vejo-me envolvido numa carambola, venho a confusão gerada pelo Datsun 1200 do José Fafiães e do Paulo Antunes, ou vice-versa, e nessa situação foi logo travões a fundo, indo embater mesmo assim na traseira do BMW 323 do Jorge Cruz que seguia à minha frente, tendo o Jorge batido contra o Saab do  Paulo Sousa. Não tinha a mínima  hipótese de fugir para nenhum dos lados, do meu lado direito eram os rails de protecção, do lado oposto eram os adversários a passar, outros parados com os impactos, e à minha frente tinha o BMW do Jorge Cruz, que mesmo que quisesse continuar não conseguia, pois o BMW tinha logo o Saab….Depois fiquei com a esperança que só tinha batido à frente, quando de repente sinto uma pancada atrás, e vejo pelo retrovisor, que tinha sido batido pelo Datsun 1200 do Arnaldo Marques. Quando saio do meu carro, reparo que o Arnaldo Marques recua e segue o seu caminho. Perante o cenário pensei logo, carro destruído , vou regressar ao Porto”. Mas a verdade é que nada disso aconteceu, pois a sua equipa de mecânicos, sem perder mais tempo meteu “mãos à obra”, e começou logo por desamassar a parte da frente, e não era meia noite, e o Volkswagen Scirocco, estava arranjado, e aprovado pelos comissários técnicos parta assim poder alinhar na corrida de domingo.

 

Segundo Fernando Xavier” quero agradecer ao empenho do Ricardo Pereira da RP Motorsport que se ofereceu para recuperar o Scirocco, assim como a equipa de mecânicos do Francisco Pinto  e os meus mecânicos, para todos ele o meu muito obrigado, sem esse esforço, de certeza absoluta que tinha vindo parta casa mais cedo”.

 

Para a segunda corrida, o panorama foi bem diferente, pois o Volkswagen Scirocco de Fernando Xavier chegaria ao fim da corrida, encurtada no numero de voltas por causa de acidentes, mas sobre esta prova acrescentou-nos “ correu bem, acabei em 16ª à geral, segundo na categoria H 81 e segundo na Taça 1600, no meio disto tudo foi positivo “.

 

Scroll To Top