Sábado , Julho 4 2020
ÚLTIMAS
Home / RALI / FPAK altera regras do Nacional de Ralis
FPAK altera regras do Nacional de Ralis

FPAK altera regras do Nacional de Ralis

A Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting emitiu hoje um comunicado onde dá a conhecer a alteração das regras do Campeonato Nacional de Ralis…a meio do campeonato.

Depois da incerteza e da polémica em relação à prova que faltava e após a decisão do Targa Clube levar a prova para Espinho, onde à partida já se suponha que esta seria disputada em pisos de asfalto. No entanto a FPAK na altura tinha tornado publico que as regras não seriam alteráveis e que este campeonato seria disputado em 4 provas de terra e outras tantas em piso de asfalto mas parece que a palavra “irrevogável” se tornou moda e o que ontem era…hoje já não é.

Mostramos aqui então o comunicado emitido pela FPAK…

No início do ano a FPAK publicou o regulamento do Campeonato Nacional de Ralis 2016 com o calendário das provas que o integravam.

Este mencionava que quatro seriam disputadas em piso de asfalto e outras quatro em pisos de terra.

Durante alguns meses tanto a FPAK como os clubes organizadores de provas do CNR  tudo tentaram para que este equilíbrio se mantivesse, conforme desejo de todos.

Infelizmente, apesar dos enormes esforços desenvolvidos, tal não foi possível e assim perante um caso de força maior, entre “amputar” o campeonato de uma prova ou aceitá-la em asfalto, mesmo que esta pudesse desequilibrar o mesmo, decidiu esta Direcção inclui-la.

Assim o Rallye Casino Espinho, organizado pelo Targa Clube, a 14 e 15 de Outubro, será disputado em pisos de asfalto.

A FPAK é a primeira a lamentar esta situação e qualquer desagrado ou transtorno que possamos ter causado aos participantes, não podemos deixar de apresentar as nossas desculpas, mas também estamos cientes de que o desportivismo, profissionalismo e empenho dos pilotos participantes em nada afectará a enorme qualidade desta competição.”

 

Scroll To Top