Domingo , Outubro 24 2021
ÚLTIMAS
Home / MONTANHA / FR Power deu “no duro” em Boticas para voltar a conquistar!
FR Power deu “no duro” em Boticas para voltar a conquistar!

FR Power deu “no duro” em Boticas para voltar a conquistar!

 

 

A segunda prova do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group obrigou a equipa técnica do preparador a “horas extras” de trabalho para resolver vários problemas de monta. A recompensa para todo o esforço apareceria e seria traduzida em mais duas vitórias, dois pódios e uma presença no Top 4 absoluto, mantendo a FR Power na senda do sucesso.

 

Os 5030 metros da Rampa Internacional de Boticas foram o desafio da segunda jornada da temporada para os três pilotos que confiam na qualidade técnica da FR Power. António Rodrigues, Joaquim Rino e Nelson Andrade voltaram a rubricar excelentes exibições, num fim-de-semana que acabaria por terminar em alta, apesar de ter sido muito atribulado.

Mas vamos aos factos.

No que concerne a António Rodrigues, os dois dias de competição correram “sobre carris”, com o piloto da NJ Racing a levar, uma vez mais, o BRC CM 05 EVO à luta pela glória, assinando uma exibição colossal que o guindou à vitória na Divisão Protótipos B, a que juntou o pódio final na Categoria Protótipos, o 4º lugar da geral e a segunda posição entre os pilotos que pontuaram para o campeonato. Tudo isto sem qualquer problema de monta no BRC.

Mas a acalmia de trabalho na boxe da FR Power terminaria logo na jornada de sábado, com dois problemas graves a afetarem, de enfiada, as “montadas” de Joaquim Rino e de Nelson Andrade.

O AG1000 do “Furacão da Madeira” partiu a corrente na 2° subida de treinos, que teve como consequência um buraco no bloco do motor, que ficou danificado de forma irremediável.

Uma viagem relâmpago do piloto madeirense à cidade da Maia permitiu ir buscar um motor de reserva, que chegou a Boticas ao fim da tarde e fez a equipa técnica da FR Power meter mãos à obra, conseguindo ter o AG1000 pronto ainda antes do merecido descanso noturno.

Depois, o talento e a mestria de Nelson Andrade fizeram o resto, rubricando mais um festival de condução e vencendo a prova referente à Taça de Portugal de Kartcross de Montanha.

A mesma viagem foi fundamental para colmatar mais uma quebra, desta feita no protótipo de Joaquim Rino. No caso do piloto da Articimentos, que nesta prova em Boticas, dava continuidade à evolução da sua adaptação ao novo BRC BR49 EVO, foi um dos veios do diferencial que partiu, mercê da quebra de dois parafusos que se meteram entre os carretos, no decorrer da primeira subida de prova.

Um telefonema para o fabricante do componente e Braga e uma passagem por lá de Nelson Andrade, permitiu à FR Power fazer “horas extraordinárias” durante a noite e, manhã cedo no domingo, montar o diferencial no BRC, permitindo a Joaquim Rino voltar ao combate e chegar ao 3º lugar na Divisão Protótipos B, voltando a pontuar de forma significativa.

No fecho da árdua jornada, Rui Ferreira, líder da FR Power, destacava “a entrega de toda a nossa equipa técnica para resolver bem todos os problemas que foram aparecendo. Foi no duro, mas, felizmente, estivemos à altura da exigência que os pilotos e as equipas que apoiamos merecem. No entanto, saímos de Boticas com um sabor agridoce pois, se os resultados voltaram a ser excelentes e fomos também capazes de resolver as questões técnicas que foram aparecendo, também queremos aprofundar a análise de tudo oque aconteceu para, se possível, antecipar e evitar que se repitam”.

Agora será a jornada “em casa”. No último fim-de-semana de Maio, o CPM JC Group disputará a Rampa Covilhã Serra da Estrela e a FR Power vai dar tudo para dar continuidade a esta senda de sucesso.

&nbsp

Scroll To Top
Posting....