Domingo , Outubro 24 2021
ÚLTIMAS
Home / MONTANHA / FRANCISCO MILHEIRO CHEGOU, VIU E VENCEU
FRANCISCO MILHEIRO CHEGOU, VIU E VENCEU

FRANCISCO MILHEIRO CHEGOU, VIU E VENCEU

O jovem piloto de  Guimarães Francisco Milheiro, venceu de novo a sua categoria no passado fim de semana na Rampa de Boticas, segunda jornada do Campeonato Portugal Montanha JC Group.  Desta feita Francisco Milheiro, chegou, viu e venceu, tendo saído assim o seu domínio ao volante do competitivo   Peugeot 106.Assim, na primeira subida de treinos,  Francisco Milheiro fez toda a extensão da Rampa de Boticas em 3.17.046, à média de 91,89 km/h, começando logo a liderar a categoria da Taça Portugal de Montanha. Para a segunda subida , Francisco Milheiro volta a melhorar o seu tempo, tendo feito 3.13.342 à média de 93,65 Km/h, continuando a consolidar a liderança em termos da Taça de Portugal de Montanha, mas seria na terceira subida de treinos que o Peugeot de Francisco Milheiro não subiria, para fazer uns acertos com vista à  primeira subida oficial de prova.

 

E a verdade é que na primeira subida oficial de prova, Francisco Milheiro “não passou cartão a ninguém “ e é autor dum tempo  fabuloso, com 3.10.812  à média de 94,89 km/h, cimentando ainda mais a liderança na Taça Portugal de Montanha.

 

Após uma noite de descanso para os pilotos e as máquinas na manhã de domingo nasceu com muita chuva que encharcou por completo o asfalto de Boticas, e com isso  a obrigar os pilotos a tomar certas precauções, onde mesmo assim Francisco Milheiro fez um tempo de 3.44.922 à média de 80,50 Km/h, ficando nesta altura na segunda posição em termos da Taça de Portugal de Montanha.

 

Chegados à segunda subida oficial de prova, ainda com o piso meio húmido e escorregadio, Francisco Milheiro faz toda a distancia da Rampa de Boticas em 3.27.931, à média de 87,08 km/h, ascendendo desta forma à  liderança da Taça de Portugal de Montanha, para de seguida na derradeira subida de prova fazer 3.16.473 à média de 92,16 km/h, acabando por vencer a Taça de Portugal de Montanha.

 

No final, no caminho entre o parque fechado e o local onde se situaram os pódios, Francisco Milheiro dizia-nos “ correu bem, a evolução do carro está a correr bem, consegui melhorar os meus tempos em todas as subidas,. Sem cometer erros, e com mais esta victória consolidei a minha liderança em termos da Taça Portugal de Montanha.  Mas para a Rampa Serra da Estrela, estou à espera de muitas mais dificuldades por parte dos meus adversários, mas  para já vamos fazer a revisão, para preparar esta rampa  ,onde espero conseguir  a victória, ou pelo menos lutar para a mesma”, terminou Francisco Milheiro .

&nbsp

Scroll To Top
Posting....