Segunda-feira , Abril 22 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / GARAGEM AURORA COM BALANÇO MEIO POSITIVO EM VILA REAL
GARAGEM AURORA COM BALANÇO MEIO POSITIVO EM VILA REAL

GARAGEM AURORA COM BALANÇO MEIO POSITIVO EM VILA REAL

Foi por pouco que a Garagem Aurora não fez um resultado em pleno no circuito de Vila Real. Participando no Campeonato Nacional de Clássicos, dando assistência ao Porsche 911 RSR de João Macedo e Silva e ao Toyota Carina E de Carlos Barbosa, que participou com este carro pela primeira vez.

No Campeonato Nacional de Clássicos, João Macedo e Silva surgia como um dos favoritos à vitória nas duas corridas, embora se soubesse de antemão que iria ser uma tarefa difícil, pois a lista de inscritos continha todos os principais adversários do piloto do Porto. Mesmo assim João Macedo e Silva esmerou-se, e faria na sessão de treinos a quarta melhor marca com 2.17.588, o que lhe deu uma posição na segunda fila da grelha.

 

Estando consciente das dificuldades que o aguardavam, João Macedo e Silva cedo verificou que não tinha carro para se chegar ao Porsche 930 Turbo de Luis Barros, mas a verdade é que depois se envolveu numa interessante luta com o Ford Escort de Joaquim Jorge, conseguindo chegar ao final da corrida na terceira posição.

 

Mas para a segunda corrida, João Macedo e Silva e o Porsche 911 RSR acabariam por desistir, isso fruto de problemas mecânicos. Sobre a prova de João Macedo e Silva; Eduardo Santos Júnior descreveu o que se passou “ foi um fim de semana cujo balanço final foi, digamos meio positivo; isso porque a primeira corrida para o João Macedo e Silva foi qualquer coisa, nunca baixou braços, sempre a lutar com o Ford Escort do Joaquim Jorge, e toda a gente viu a corrida que fez. Depois na segunda corrida, seria obrigado a desistir de forma inglória, pois um toque com o Volkswagen do José Castro, levaria o Porsche com o impacto a partir-se a tampa do autoblocante, e com isso nada mais restava do que desistir, o que foi pena”.

Mas a verdade é que a Garagem Aurora também marcou presença noutra competição, neste caso na Legends Cup, na estreia de Carlos Barbosa ao volante do Toyota Carina E, na qual Eduardo Santos Júnior disse-nos logo “ não houve tempo para testar, mesmo assim o Carlos Barbosa esteve excelente, fez as duas corridas mostrando a sua evolução ao volante do carro japonês, tendo acabado as duas corridas no nono e décimo lugar da geral, o que no meu ponto de vista foi excelente”.

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

 

CAMPEONATO NACIONAL DE CLÁSSICOS

 1ª Corrida

1º Luis Barros – Porsche 930 Turbo

2º Joaquim Jorge – Ford EScort

3º JOÃO MACEDO E SILVA – PORSCHE 911 RSR

 

2ª Corrida

Desistência

 

LEGENDS CUP

1ª Corrida

1º Manuel Barros – Ford Sierra ES 500

2º Vasco Barros – Mercedes 190 DTM

3º João Novo – Ford Sierra RS 500

4º João Sousa – Peugeot 306

9ºCARLOS BARBOSA – TOYOTA CARINA E

 

2ª Corrida

1º Vasco Barros – Mercedes 190 DTM

2º Manuel Barros – Ford Sierra RS 500

3º João Novo – Ford Sierra RS 500

4º João Sousa – Peugeot 306

10 CARLOS BARBOSA – TOYOTA CARINA E

 

Scroll To Top