Quinta-feira , Março 21 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Haas F1 Team com boas indicações nos treinos livres do GP China
Haas F1 Team com boas indicações nos treinos livres do GP China

Haas F1 Team com boas indicações nos treinos livres do GP China

A segunda ronda do Campeonato Mundial FIA de Fórmula 1 de 2017 iniciou-se esta sexta-feira sob chuva e condições difíceis no Circuito Internacional de Xangai, onde as equipas preparam o Grande Prémio da China de domingo.

 

Duas sessões de treinos-livres estavam previstas para a jornada de hoje no circuito de 5,451 quilómetros e 16 curvas, mas nuvens baixas e aguaceiros intermitentes limitaram drasticamente o tempo de pista.

 

Depois de os pilotos das Haas F1 Team, Kevin Magnussen e Romain Grosjean, terem sido os primeiros a realizar as suas voltas de instalação com os Pirelli Cinturato Azul/Chuva, a bandeira vermelha foi mostrada. As nuvens e o nevoeiro impediram que o helicóptero médico de se deslocar para o hospital designado pela FIA, o que resultou num atraso de quarente e três minutos.

 

Quando o circuito reabriu, Magnussen e Grosjean regressaram, nos seus respectivos Haas VF-17 equipados com borrachas Pirelli Cinturato Verde/Intermédios. As condições da pista mantiveram-se difíceis, com ambos os pilotos a protagonizarem piões sem importância. Magnussen completou oito voltas e o Grosjean seis, antes das bandeiras vermelhas aparecerem novamente pelos mesmos motivos, cancelando a restante sessão.

 

Grosjean acabou no quinto posto com uma volta de 1m53,039s realizada na sua sexta passagem pela meta e Magnussen no décimo, com o tempo de 1m55,104s alcançado na sua sétima volta. O mais rápido na curta sessão foi Max Verstappen com o registo de 1m50,491s.

 

As condições não melhoraram na segunda sessão. Os aguaceiros persistiram e as nuvens baixas mantiveram-se, mantendo o helicóptero médico no chão. Não foi realizada uma única volta.

 

Scroll To Top