Terça-feira , Dezembro 18 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Hugo Godinho passa pelas motas
Hugo Godinho passa pelas motas

Hugo Godinho passa pelas motas

 

Hugo Godinho abraçará um novo desafio na sua carreira, enquanto piloto, estando a trabalhar para efectuar uma incursão pontual pelo motociclismo, que passa por disputar a ronda do Estoril da ZCup.PT nos próximos dias 22 e 23 de Setembro.

Muito embora sempre tenha realizado a sua carreira nas quatro rodas, o piloto natural de Coimbra desde tenra idade que nutre uma forte paixão pelas motos, tendo experimentado as sensações das duas rodas pela primeira vez quando tinha apenas cinco anos.

Ao longo da história do desporto motorizado foram alguns os casos de pilotos que passaram das duas rodas para as quatro – John Surtees ou Mike Hailwood são os nomes mais sonantes – mas Hugo Godinho pretende fazer o caminho inverso, ainda que para já de forma episódica. “Um amigo meu – o José Luís Teixeira, que compete no Campeonato Nacional de Velocidade – sabe da minha paixão pelas motos e acabou por ser o catalisador desta minha passagem pelas duas rodas, dado que sugeriu ao Paulo Vicente, o organizador da ZCup.PT, o meu nome. Foi algo que sempre quis fazer e não pude deixar de aceitar o convite que me foi feito, pelo qual tenho de agradecer aos dois, dado que sem eles seria impossível esta oportunidade”, afirmou o piloto de Coimbra.

Muito embora seja um utilizador frequente de motos de alta cilindrada ao longo de quase toda a sua vida, Hugo Godinho sabe que a sua passagem do automobilismo para o motociclismo não será fácil, tendo marcado um teste no Autódromo Internacional do Algarve para o próximo dia 26 de Agosto para avaliar a sua adaptação à categoria. “É uma mudança bastante profunda relativamente ao meu ambiente, sendo necessário perceber se poderei ter as características exigidas para tomar parte numa competição tão selectiva como a ZCup.PT. Acredito que poderei ter a capacidade para ser competitivo, mas este teste será determinante para poder tirar essa conclusão. Antes de mais, será um grande prazer poder descobrir uma categoria nova e uma mota de competição, algo que sempre desejei”, frisou o conimbricense.

A moto utilizada pela ZCup.PT é a Kawasaki Z900, capaz de desenvolver cento e treze cavalos de potência para apenas duzentos e vinte e nove quilogramas, o que lhe garante um conjunto de performances notável.

 

Scroll To Top