Terça-feira , Junho 25 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / Hugo Lopes começa época com pódio no Rali Serras de Fafe
Hugo Lopes começa época com pódio no Rali Serras de Fafe

Hugo Lopes começa época com pódio no Rali Serras de Fafe

 

 

Hugo Lopes e Nuno Mota Ribeiro iniciaram a época de 2019 em bom plano, conseguindo o 2.º lugar na prova do Campeonato de Portugal de Ralis 2WD (2 Rodas Motrizes) no emblemático Rali Serras de Fafe. Dupla do Peugeot 208 R2 também terminou no top 8 do concorrido troféu Peugeot Rally Cup Ibérica.

 

Foi nos famosos troços de terra do Rali Serras de Fafe que Hugo Lopes e Nuno Mota Ribeiro começaram a temporada de 2019, novamente ao volante do Peugeot 208 R2. O jovem piloto de 21 anos apostava em integrar a luta pelos primeiros lugares quer no Campeonato de Portugal de Ralis 2WD (2 Rodas Motrizes) quer na Peugeot Rally Cup Ibérica, que em Fafe teve um extenso pelotão de 23 pilotos oriundos de Portugal, Espanha, Reino Unido e Estónia.

 

Num rali cheio de público, mas muito duro para as equipas dos 2 Rodas Motrizes, Hugo Lopes abriu a época com o 2.º lugar no CPR 2WD e o 8.º posto no troféu ibérico da Peugeot, superando alguns problemas técnicos no seu 208 R2.

 

“Começámos o rali com alguns problemas na pressão de óleo que foram resolvidos com a mudança de um sensor”, referiu o piloto de Viseu. “No sábado tentámos recuperar o nosso ritmo habitual mas era preciso ter muito cuidado e rodar sempre nos trilhos, porque os troços estavam mesmo muito degradados com a passagem de tantos R5. Gostava de ter andado mais à frente no troféu mas o 2.º lugar no Nacional é um bom resultado para abrir a época, principalmente num rali tão especial como este, onde vemos milhares e milhares de espectadores em grande parte dos troços”, afirmou Hugo Lopes.

 

O navegador Nuno Mota Ribeiro também destacou “a moldura humana deste rali, principalmente nos locais mais emblemáticos, e só foi pena aquela Super Especial de sexta-feira que terminou de madrugada, já quase sem público. A prova foi dura para todos os concorrentes, mas acho que o nosso resultado no Nacional é positivo. Vamos agora analisar friamente este rali e decidir o que vamos fazer no resto da época”.

 

 

 

 

Scroll To Top