Sábado , Novembro 16 2019
ÚLTIMAS
Home / MODALIDADES / Incidente condiciona Fábio Mota
Incidente condiciona Fábio Mota

Incidente condiciona Fábio Mota

Fábio Mota teve uma jornada difícil, este domingo no Kartódromo de Baltar, tendo abandonado a Final da última ronda do Campeonato de Portugal FPAK de Karting devido a um incidente na Segunda Manga de Qualificação.

O piloto de Vila Nova de Gaia tinha estado em bom nível durante o dia de ontem, tendo subido de décimo para sétimo na Primeira Manga de Qualificação, segundo entre a classe Master, o que lhe abria boas perspectivas para o restante programa da quinta etapa da competição.

No entanto, na Segunda Manga de Qualificação, que se realizou hoje ao início da tarde, Fábio Mota viu-se envolvido num incidente, logo no arranque. O piloto da Motocane arrancou bem, realizando a aproximação à primeira curva por fora, onde tinha bastante espaço livre à sua frente.

Contudo, dois pilotos envolveram-se numa luta, tendo um deles se colocado na trajectória de Fábio Mota, quando ambos já estavam em zona de travagem. O embate foi inevitável, tendo o kart do gaiense sido catapultado, viajando pelo ar até se imobilizar no muro de pneus.

Apesar de combalido, o português saiu sem mazelas de relevo do impacto, o mesmo não se podendo dizer do seu kart, que ficou bastante maltratado com a dinâmica do incidente.

A Motacane tudo fez para que Fábio Mota tomasse parte na Final, tendo alinhado no décimo lugar da grelha de partida, mas logo na primeira volta foi evidente que o chassis não estava a responder às suas solicitações, obrigando-o a abandonar. “Foi um dia decepcionante! O que aconteceu na Segunda Manga de Qualificação não passa de um incidente de corrida que pode acontecer, mas acabou por ter consequências materiais. A Motocane trabalhou para me dar um kart em condições para poder disputar a Final, mas o chassis não estava a reagir de forma que deveria e não me restava outra opção senão abandonar. É frustrante, mas as corridas são assim. Quero agradecer à equipa pelo esforço que realizou ao longo de todo o fim-de-semana e, sobretudo, hoje depois do incidente. O mais importante é que estou bem fisicamente e agora é preciso focar-me no futuro”, apontou o piloto de Vila Nova de Gaia.

Com o Campeonato de Portugal FPAK de Karting concluído, Fábio Mota tem agora como próxima prova do seu programa a ronda do Algarve das GT4 South European Series – 25, 26 e 27 de Outubro – onde competirá aos comandos de um KTM X-Bow GT4 que dividirá com Francisco Carvalho. A 2 e 3 de Novembro terá ainda a Taça de Portugal FPAK de Karting, no Kartódromo Internacional de Palmela.

 

Scroll To Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com