Terça-feira , Novembro 24 2020
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / João Dias campeão UTV / Buggy
João Dias campeão UTV / Buggy

João Dias campeão UTV / Buggy

A 29ª edição do Raid TT Ferraria – Vinhos Quinta dos Garfos – Município do Gavião definiu os primeiros campeões nacionais de TT no ano de 2016. Com organização a cargo do Centro Cultural Recreativo e Desportivo da Ferraria realizou-se este fim-de-semana a penúltima prova do Nacional TT 2016. Dividida por dois dias de competição as decisões finais foram chegaram apenas com a bandeira de xadrêz no final do longo segundo dia realizado hoje nas rápidas pistas alentejanas do concelho do Gavião.

Depois de o dia de Sábado ter sido reservado a um sector selectivo com 30 quilómetros de extensão, os pilotos das três categorias do Nacional de TT cumpriram hoje quatro voltas a um percurso com 66 quilómetros de extensão, para um total de 264 quilómetros que definiram os vencedores da penúltima prova do campeonato nacional e os primeiro campeão absoluto da época.

Misturando as conhecidas zonas rápidas com outras mais sinuosas e estreitas desta região o terreno seco obrigou a esforço acrescido por parte de todos os pilotos, especialmente aqueles com pior posição na linha de partida para o dia de hoje.

Indiferente a tudo isso António Maio assinou mais uma vitória no campeonato, a quinta do ano, sendo mesmo o único piloto a conseguir cumprir a totalidade do percurso definido abaixo das três horas. O piloto alentejano voltou a derrotar o seu colega de equipa e líder do campeonato, Sebastian Buhler, que com a segunda posição alcançada novamente leva a decisão do campeonato para a derradeira prova do ano, segurando ainda uma vantagem de três pontos face a Maio. A terceira posição foi para João Lourenço, a conseguir um brilhante resultado na sua estreia na especialidade neste temporada, batendo Gustavo Gaudêncio, o vencedor em TT3 que foi forçado a uma prova em recuperação depois de um toque numa árvore ter deixado  a sua moto sem travão dianteiro no dia de ontem. Salvador Vargas fechou o lote dos cinco melhores.

António Maio venceu a classificação absoluta e a classe TT2, Sebastian Buhler foi o melhor em TT1 – reforçando ainda mais o ceptro que já tinha garantido no final da prova anterior – e Gustavo Gaudêncio o melhor em TT3, com Maio a passar para a frente da classificação da classe face ao até líder António Pereira e Gaudêncio a ficar mais próximo do título da classe, ficando tudo por decidir na Baja de Portalegre.

A jogar em casa Roberto Borrego foi dono e senhor da classificação entre os Moto4 e depois de ter sido o mais rápido no dia de Sábado regressou ás vitórias em grande estilo ao bater António Moreira por mais de nove minutos. Arnaldo Martins poderia ter selado as contas do campeonato nesta penúltima ronda do ano, mas ao ser penalizado por ter abastecido o seu Moto4 com o motor em funcionamento desceu para a derradeira posição da classificação (oitavo) e o campeonato fica mesmo por decidir na prova final após uma jornada onde o terceiro foi André Carita.

João Dias campeão UTV e Buggy
A prova alentejana fechou a questão do título em relação aos UTV e Buggy e mesmo sem vencer João Dias assegurou já o título na especialidade antes da prova de encerramento da temporada. A prova foi ganha por Bruno Martins, a primeira de um tracção traseira no campeonato, com João Dias a ser segundo na frente de Pedro Mendes, que passou igualmente pelo comando da prova. Este foi assim o único campeonato que ficou decidido antes da prova de encerramento do ano a realizar nas igualmente pistas alentejanas da Baja de Portalegre.

CLASSIFICAÇÕES

Absoluto Moto
1º António Maio – Yamaha com 2h56m06.56s
2º Sebastian Buhler – Yamaha a 6m47.94s
3º João Lourenço – Sherco a 13m10.67s
4º Gustavo Gaudêncio – Honda a 14m48.20s
5º Salvador Vargas – KTM a 15m26.34s
6º António Pereira – Yamaha a 17m34.03s
7º Pedro Oliveira – Honda a 19m40.52s
8º Fausto Mota – Yamaha a 21m55.08s
9º Domingos Santos – AJP a 21m57.69s
10º Sandro Carolino – KTM a 31m20.83s

TT1
1º Sebastian Buhler – Yamaha com 3h02m54.50s
2º João Lourenço – Sherco a 6m22.73s
3º Pedro Oliveira – Honda a 12m52.58s
4º Fausto Mota – Yamaha a 15m07.14s
5º Domingos Santos – AJP a 15m09.75s

TT2
1º António Maio – Yamaha com 2h56m06.56s
2º António Pereira – Yamaha a 17m34.03s
3º Sandro Carolino – KTM a 31m20.83s
4º Tiago Carvalho – KTM a 35m46.16s
5º André Lourenço – KTM a 51m59.34s

TT3
1º Gustavo Gaudêncio – Honda com 3h10m54.76s
2º Salvador Vargas – KTM a 38.14s
3º Francisco Lopes – Yamaha a 29m19.91s
4º Rui Costa – Husqvarna a 34m08.21s
5º Paulo Cardoso – Yamaha a 54m39.95s

Moto4
1º Roberto Borrego – Yamaha com 3h09m28.47s
2º António Moreira – Yamaha a 9m11.07s
3º Luis Engeitado – Yamaha a 11m01.37s
4º André Carita – Suzuki a 17m35.94s
5º Rodrigo Pagaime – Yamaha a 22m01.56s

Buggy/UTV
1º Bruno Martins/Eurico Adão – Rage com 3h08m50.08s
2º João Dias/João Filipe – Polaris a 53.82s
3º Pedro Mendes – Polaris a 1m29.30s
4º Rui Serpa – Polaris a 7m04.27s
5º António Ferreira – Yamaha a 9m42.17s

 

Scroll To Top