Quinta-feira , Junho 4 2020
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / João Fonseca sagrou-se Campeão Nacional de Montanha
João Fonseca sagrou-se Campeão Nacional de Montanha

João Fonseca sagrou-se Campeão Nacional de Montanha

O DEMOPORTO fechou a época nacional de Montanha, com a realização da Rampa da Penha, oitava e última prova do Campeonato de 2015.

A época foi discutida até à última prova entre Rui Ramalho e João Fonseca, que em Guimarães se sagrou virtual Campeão Nacional de Montanha.

João Fonseca (Norma M20FC) já pode comemorar. Fez a melhor marca do dia: 1m 26,744s, conseguiu um tempo acumulado de 2m 53,932s e dessa forma venceu a prova e é já o virtual Campeão Nacional de Montanha 2015.

Rui Ramalho não fechou a época da melhor forma, deu um toque ligeiro, o tempo ressentiu-se e terminou a prova a 6,65s de Fonseca. É segundo à geral e virtual Vice-campeão Nacional.

Paulo Ramalho (Juno SSE) fez a segunda marca da subida e dessa forma garantiu a terceira posição final à geral e na Categoria 1.

Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer Evo VI) fez quarto à geral, por uma margem mínima e venceu a Categoria 3. Recorde-se que Tiago Reis (Ford Fiesta RS), era já o virtual detentor do título da Categoria.

Nuno Guimarães (BRC CM02) foi o terceiro melhor protótipo, venceu a classe CM, mesmo sem alinhar nesta subida. Contas feitas e faltaram-lhe duas centésimas para ficar uma posição mais à frente.

Luís Silva (BMW M3 E30) provou que se não tiver problemas tem carro para andar na frente e fez a segunda marca da Categoria 3.

Manuel Correia (Skoda Fabia S2000) terminou logo atrás, foi sétimo da geral, venceu a Categoria 2.

Habitual polo de animação é a luta dos homens dos Seat Leon. Discute-se a Classe E1-B e José Correia confirmou os resultados que vinha a manter até aí. Bateu Luís Nunes por 2,4s e Ricardo Gomes por 3,34s.

Nos clássicos Sérgio Pinheiro (Ford Escort) voltou a fazer o melhor tempo e venceu, com uma margem de 36,2s sobre Mário Mesquita (Datsun 1600 SSS). Recorde-se que nesta Categoria a vitória no campeonato era já virtualmente posse de José Pedro Gomes.

José Pedro Figueiredo (Datsun 1200) sobe ao mais baixo do pódium e vence entre os Clássicos 1300, à frente de Domingos Fernandes (Autobianchi A112).

final

 

 

Scroll To Top