Segunda-feira , Dezembro 17 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / João Ruivo Piloto perde titulo nacional por apenas 1 ponto
João Ruivo Piloto perde titulo nacional por apenas 1 ponto

João Ruivo Piloto perde titulo nacional por apenas 1 ponto

Vitória categórica de João Ruivo no CNR2

Depois de uma prestação irrepreensível no Rali Casinos do Algarve, João Ruivo somou mais um triunfo aos três que já detinha este ano, mas isso foi insuficiente para se sagrar campeão nacional no CNR2, perdendo o objetivo por apenas 1 ponto.
Quatro vitórias em seis provas participadas, a que somou mais um quarto lugar e uma desistência, não chegaram para que o piloto famalicense, que tem a seu lado João Peixoto, pudesse festejar. De qualquer forma, nos oito troços da prova algarvia, foi mais rápido em seis, demonstrando bem o seu andamento e potencial, que infelizmente, não chegou para atingir o tão desejado título: “Custa, sem dúvida, perder um titulo nacional assim, pois viemos para cá para sermos campeões. Sabia o que tinha que fazer, mas o problema com a água no charco do primeiro troço, que influenciou muito pilotos, condicionou-nos imediatamente o resto da prova, pois sabia que não podia perder mais nenhuma especial”, começou por afirmar João Ruivo: “Na segunda passagem por esta classificativa, voltamos a ser segundos e a partir daí, a única tarefa que nos restava era ganhar, como veio a suceder”.
Com a falta às provas insulares, por motivos pessoais, e o abandono em Castelo Branco, ser vice-campeão nacional é notável e de assinalar, para além de ser o piloto mais vitorioso do ano: “Não posso dizer que saio daqui desiludido, pois venci quatro em seis provas. Mesmo assim, estar a discutir o campeonato e perde-lo por apenas um ponto, acho que demonstra a rapidez que tivemos onde alinhámos e se calhar, também, um pouco de superioridade, mas isto não quer dizer que tínhamos de ser campeões. Já dei os parabéns ao Marco Cid, que geriu bem a temporada, e isso também faz parte. Acho que mostrámos a nossa rapidez, mas isso não chegou, e espero no futuro mostrar a superioridade”, acrescentou.
Neste encerramento de temporada, João Ruivo não esquece que esteve com ele, começando pelos patrocinadores: “Crédito Agrícola, Pirelli, Nova Optica, Mosanto e Manual, bem como aos parceiros. Não posso esquecer os meus mecânicos, a Fernando Costa Motosposrt que esteve impecável e, se calhar, mereciam o titulo e por isso estou mais triste”.
Já sobre o futuro: “Vamos colocar o nosso carro à venda. Consoante isto suceder, vamos decidir o futuro. Pode passar por mudar de categoria, ou continuar com o Renault Clio em 2016”, concluiu.

 

Scroll To Top