Quarta-feira , Junho 3 2020
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / JOSÉ CORREIA NO PÓDIO APESAR DE TER CAPOTADO
JOSÉ CORREIA NO PÓDIO APESAR DE TER CAPOTADO

JOSÉ CORREIA NO PÓDIO APESAR DE TER CAPOTADO

 

José Correia subiu ao pódio na Rampa de Santa Marta ao volante do seu Seat Leon Eurocup, em que foi obrigado a abandonar, depois do acidente de que foi alvo.

Independentemente do que aconteceu na derradeira subida de prova, José Correia desde o inicio das subidas de treinos que se mostrou muito rápido, conseguindo nas duas subidas excelentes cronos com 2.10.697 e 2.06.918, tendo apenas à sua frente em termos de categoria o Fiesta RS de Tiago Reis, um carro com características muito superiores ao Leon.

Mas logo na primeira subida de prova, José Correia é autor dum “tempo canhão”, alcançando um crono de 2.02.632.No domingo de manhã, na segunda subida de prova ainda alcançaria um tempo de 2.04.618, e mais não fez, porque na ultima subida entre o posto 16 e 17 da rampa de Santa Marta, José Correia acabaria por capotar o seu Seat Leon Eurocup, felizmente sem consequências para o piloto, o mesmo não se poderá dizer do carro.

Sobre o fim de semana que passou, José Correria fez-nos o balanço dizendo “ tudo correu bem, até antes do acidente. O carro esteve perfeito, e prova disso foram os tempos alcançados, sempre a baixar em todas as subidas. Para a última subida queria ver se conseguia bater o tempo de 2.02.632, para assim tentar alcançar o Luis Nunes, que era o líder nessa altura da categoria. Só que, e pelos vistos parece que nas corridas há sempre um “só que”, pois quase no final da rampa acabo por capotar”. Sobre o acidente acrescentaria “ não vi nenhuma bandeira amarela, até poderia lá estar, mas nada vi, de repente quando faço a curva para a esquerda, vejo de imediato o Seat Leon do meu colega de equipa Ricardo Gomes, e no ponto onde estava a curvar não vislumbrei que o carro dele estivesse encostado na berma, ou estivesse mesmo no meio da estrada, pois com os rails de protecção nada se via. Por isso o meu primeiro impulso foi travar, mas eu vinha muito depressa. O pouco que consegui travar, acabei por não conseguir fazer essa curva, e fui em frente, contra um talude em terra. O impacto foi e tal ordem, que o meu Seat Leon Eurocup acabou capotado. Eu sentado dentro do carro, com os cintos apertados, naquela posição de cabeça para baixo, foi deveras estranho, mas o mais curioso disto tudo, é que momentos depois do impacto o motor do carro continuava a trabalhar, o que é incrivel.Acabo por conseguir desligar o carro, quando vejo o Ricardo Gomes ainda com o capacete a ajudar-me a sair do carro, e recordo-me que nessa altura ainda estava uma poeirada no ar que não se via nada, até que se dissipou um pouco e passou por nós já mais devagar o Francisco Marrão no seu Seat Leon 1.8.Foi tudo tão rápido, mas logo que saí do carro verifiquei que estava bem fisicamente, nem dorido fiquei com os cintos”

Com o Leon nesta estado a participação na próxima prova, que será na rampa de Murça, poderá estar em perigo, no entanto José Correia sem perder tempo, argumentou “ acredito que o Seat Leon Eurocup estará na linha de partida da Rampa de Murça, pois aquilo foi mais chapa amolgada que propriamente parte mecânica. É lógico que a ferente e capot terão de ser novos, nesta altura já fizemos a encomenda das peças à Seat Sport, e contamos alinhar em Murça. Foi um susto, mas já passou, temos de olhar para a frente, e começar a pensar na próxima prova, e na forma como vamos vencer”, disse-nos.

CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL

1º Rui Ramalho – Juno
2º João Fonseca – Norma
3ºT.Reis – Ford Fiesta RS
4º António Nogueira – Porsche GT 2
5º Paulo Ramalho – Juno
10º JOSÉ CORREIA – SEAT LEON EUROCUP

CLASSIFICAÇÃO FINAL CATEGORIA

1º Luis Nunes – Seat Leon Copa
2º JOSÉ CORREIA – SEAT LEON EUROCUP
3º Ricardo Gomes – Seat Leon Copa
4º Francisco Marrão – Seat Leon 1.8

 

Scroll To Top