Sexta-feira , Junho 25 2021
ÚLTIMAS
Home / MONTANHA / JOSÉ PEDRO GOMES SEM SORTE NA RAMPA DE BOTICAS
JOSÉ PEDRO GOMES SEM SORTE NA RAMPA DE BOTICAS

JOSÉ PEDRO GOMES SEM SORTE NA RAMPA DE BOTICAS

 

 

A sorte nada quis com o desempenho do Opel  Astra OPC de José Pedro Gomes, que seria obrigado a renunciar uma vez mais, e de forma prematura.

 

A verdade é que o piloto – advogado logo na primeira subida começou por fazer um crono de 3.14.894 à média de 92,91 km/h para percorrer toda a extensão da Rampa de Boticas, sendo o 3º classificado entre os participantes na categoria de Turismos. Na segunda subida de treinos, José Pedro Gomes acaba por melhorar de forma significativa com 3.08.097 à média de 96,26 km/h, sendo de novo terceiro classificado entre os Turismos 1..Para a terceira subida de treinos da tarde de sábado, José Pedro Gomes já não fez a subida, pois começou a sentir alguns problemas e a sua equipa de assistência procurou de imediato soluções técnicas para resolução. Mas o piloto advogado estará na linha de largada  da Rampa de Boticas, para a primeira subida oficial  de prova, onde é autor dum tempo de 3.07.013, para depois ser obrigado a ceder, isso fruto dum problema técnico, na qual a reparação do mesmo não pode ser feita no paddock de Boticas, obrigando a equipa a ter de renunciar.

 

Segundo José Pedro Gomes “ este é um carro totalmente novo em termos mecânicos, e como seria de esperar vai acusando problemas de juventude, que não nos permitiu  concluir todas as subidas previstas para a Rampa de Boticas .Ainda não sabemos exactamente o que que se passa, mas prefiro parar do que poder vir a provocar danos mais extensos no carro, por isso optei com muita pena minha ter de parar, mas vamos verificar o que se passou, de forma a estarmos ainda mais fortes para a próxima jornada que será a rampa Serra da Estrela”, conclui José Pedro Gomes.

 

&nbsp

Scroll To Top