Sábado , Dezembro 15 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / JUNIOR WRC MUDA-SE PARA O ASFALTO DA ALEMANHA
JUNIOR WRC MUDA-SE PARA O ASFALTO DA ALEMANHA

JUNIOR WRC MUDA-SE PARA O ASFALTO DA ALEMANHA

Após terem evoluído na terra durante as três primeiras provas da temporada, os concorrentes do Campeonato FIA Junior WRC vão mudar de superfície por ocasião do Rali da Alemanha. Líder da classificação geral com dois sucessos, Simone Tempestini apresenta-se com 18 pontos de avanço sobre Ole Christian Veiby, o vencedor da última prova.

 

De Portugal à Finlândia, passando pela Polónia, a primeira metade da temporada do FIA Junior WRC brilhou na terra. Com a Alemanha e depois a Volta à Córsega, os concorrentes vão agora ter que demonstrar as suas qualidades no asfalto !

O ADAC Rallye Deutschland é uma prova específica por mais de uma razão. Baseada na cidade fortificada de Trèves, a prova leva os concorrentes a locais como as vinhas de Moselle, o maciço do Eifel, os campos do Sarre e o famoso campo militar de Baumholder. Com os seus 40 km, a Especial de Panzerplatte deverá uma vez mais fazer o papel de juiz de paz do rali, com as suas múltiplas mudanças de aderência entre os ‘hinkelsteins’, os enormes blocos de pedra colocados para guiar os carros de assalto ao longo das pistas !

Vencedor das duas primeiras jornadas da temporada e ainda 2º na Finlândia, Simone Tempestini tem, por enquanto, vantagem sobre os seus adversários. O italiano atingiu o seu objetivo, ao fixar uma diferença que agora poderá gerir no asfalto, uma superfície onde se sente menos à vontade. Mesmo assim, há dois anos termninou em quinto do JWRC neste rali.

Segundo, a 18 pontos após a sua vitória na Finlândia, Ole Christian Veiby apresenta-se à partida para o ADAC Rallye Deutschland com poucas referências no asfalto. O norueguês de 20 anos participou, apesar disso, nos reconhecimentos da prova em 2015, embora ela então não figurasse no calendário do JWRC. Poderá agora tirar proveito desta experiência para assinar um bom resultado e manter-se na corrida ao título.

Muito regular desde o arranque da temporada, com três chegadas dentro do top 5, Vincent Dubert tem agora uma bela ocasião para confirmar a sua presença no pódio da competição. Como recompensa pelo seu título no Citroën Racing Trophy 2015, o francês beneficia do apoio da Citroën Racing e dos seus parceiros nesta sua primeira campanha mundial. Mesmo se tem mais experiência nos pisos de terra, deverá ser capaz de mostrar a sua polivalência para se aproximar dos melhores.

Após dois pódios em Portugal e na Polónia, Terry Folb vai querer chegar mais longe durante esta prova.

 

O piloto natural da Alsácia, irá evoluir num terreno que lhe será relativamente familiar. Já no ano passado, demonstrou a sua vantagem com dois pódios no asfalto. O mesmo pode ser dito para Romain Martel, que poderá continuar a sua aprendizagem ao mais alto nível num ambiente mais familiar.

Após um início de temporada complicado, Martin Koci vai querer demonstrar todo o seu potencial nas estradas do ADAC Rallye Deutschland. O eslovaco conhece bem esta etapa do campeonato, que disputou nas últimas quatro edições, com destaque para um quarto lugar no FIA Junior WRC em 2014. Para ele, são indispensáveis muitos pontos para subir na classificação geral !

Mohamed Al Mutawaa também conheceu um início de ano difícil, mas a chegada à Alemanha poderá ajudá-lo a subir mais um degrau. Com efeito, foi nestas estradas que o piloto do Abu Dhabi Racing fez a sua estreia no Campeonato do Mundo, com um quarto lugar WRC3 em 2013. Formado na escola dos monolugares antes de passar para os ralis, o piloto dos Emiratos deverá estar em condições de visar o pódio.

 

WRC2: CINCO DS 3 R5 À PARTIDA DA ALEMANHA

Sempre muito concorrido, o WRC2 irá ter mais de uma vintena de inscritos no ADAC Rallye Deutschland. Cinco DS 3 R5 estarão à partida, com a adopção de um Kit Evo 2016 para três deles. Quentin Gilbert, quinto na Finlândia, Yoann Bonato e Emil Bergkvist beneficiarão de uma viatura equipada com diversas evoluções : nova frente (radiador, permutador, caixa de ar, travessa superior e proteção inferior), direção assistida aperfeiçoada e sistema integrado otimizado. Jourdan Serderidis e Pierre-Louis Loubet irão estar também à partida também com DS 3 R5, mas nas versões de 2014

 

Scroll To Top