Terça-feira , Fevereiro 19 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / Juntos pelo Desporto Automóvel apresenta programa
Juntos pelo Desporto Automóvel apresenta programa

Juntos pelo Desporto Automóvel apresenta programa

A candidatura conjunta de Manuel Mello Breyner e Mex Machado dos Santos à presidência da FPAK apresentou esta semana o seu programa e objtivos para o cargo a que se candidatam.

COMPROMISSO 2017 – 2020

• Mais Praticantes, mais Marcas, mais Patrocinadores e mais Público!

1. Atracção de mais público ao automobilismo e karting por forma rentabilizar os investimentos das marcas e patrocinadores
• Maior e melhor divulgação das provas através da evolução dos modelos de promoção e comunicação;
• Incorporação de novas tecnologias de comunicação;
• Melhoria e aumento das bases de dados;
• Acções desenvolvidas em universidades, zonas comerciais e eventos públicos;
• Intercâmbio entre sectores, modalidades e federações;
• Campanha de incentivo à recuperação de antigos licenciados;
• Melhoria das condições de acesso do público aos eventos;

2. Criação de um modelo de parcerias de modo a envolver as Marcas e Patrocinadores
• Realização da primeira prova de carros eléctricos com envolvimento das marcas – Junho 2017;
• Desenvolvimento técnico de categorias de baixo custo e idênticas competitividades;
• Garantia de condições de visibilidade e notoriedade;
• Reforço da credibilidade institucional e capacidade negocial da FPAK;
• Negociação de contratos de vantagens comuns com empresas de rede nacional;
• Criação de mecanismos publicitários associados a novas plataformas;

3. Atracção de mais competições internacionais para Portugal
• Regresso da Formula 1 através de sessões de treinos pré época – 2018;
• Prova do WEC – 2018;
• Final do FIA European Rallye Trophy 2017, no Rali Casinos do Algarve – 2017;

4. Regresso do desporto automóvel à Grande Lisboa
• Regresso do Rali das Camélias a Sintra – Fevereiro 2018;

5. Inclusão de novas categorias na “família FPAK”
• Criação do Campeonato Nacional de Drift – 2017;

6. Introdução medidas que tornem o desporto mais atractivo às categorias de iniciação
• Implementação do programa “Karting na Escola” – 2018;
• Implementação do programa “Desporto Automóvel nas Universidades” – 2018;
• Novo “degrau” entre o karting e o automobilismo;
• Incentivo a menores de 18 anos à iniciação no Offroad e Velocidade;

7. Aumento do número de praticantes, auxiliares e organizadores
• Reforço do apoio aos clubes organizadores;
• Constituição da figura do Associado Praticante – 2018;
• Constituição da figura do Praticante Filiado – 2018
• Criação de troféus e séries promocionais;
• Continuação de formação nas diversas áreas de acção;
• Continuação de programa “Senhoras no Desporto Automóvel”;
• Incentivo aos organizadores e equipas à inclusão de estagiários;

8. Maior aproximação junto aos Associados e Licenciados
• Criação do 1º Congresso Nacional FPAK – 2018;
• Criação do programa “FPAK perto de si”, com o objectivo de responder às necessidades dos associados e licenciados – 2018;

9. Evolução tecnológica da FPAK
• Finalização do sistema de emissão “licenças online” – 2017;
• Introdução de plataforma digital que permita a agilização de processos entre Organizadores, Praticantes e FPAK;
• Melhor aproveitamento das plataformas digitais já existentes – 2017;
• Criação de uma “APP FPAK”, que contenha toda a informação útil ao automobilismo e karting (tempos online, coordenadas de locais de zonas espetáculo, horários de TV, avisos de datas das provas via ‘push up’ nos telemóveis, etc.) – 2018;

10. Estabilização da Regulamentação e agilização dos processos
• Actualização e manutenção das diversas regulamentações por um período mínimo de 2 / 3 anos – 2017;
• Comunicação das “linhas mestra” dos campeonatos do próximo triénio até Outubro de 2017;
• Publicação de cadernos de encargos específicos para a organização de provas em cada modalidade;
• Utilização de plataforma digital adequada para aprovação de regulamentos de provas e processos administrativos de praticantes e organizadores;

11. Apresentação de concursos públicos a promotores e fornecedores
• Apresentação de cadernos de encargos específicos para cada modalidade e necessidade;

12. Continuação do Programa de “Ética no Desporto Automóvel”
• Continuação de acções de sensibilização de ética e ‘fair-play’;
• Continuação de acções de sensibilização ao cumprimento regulamentar;
• Continuação de acções de desincentivo e controlo ao dopping/alcoolemia;

13. Formação
• Continuação na aposta das acções de formação nas áreas técnica, desportiva e segurança e implementação nas áreas de produção, coordenação, pilotagem, navegação, marketing e comunicação.

 

Scroll To Top