Quinta-feira , Setembro 23 2021
ÚLTIMAS
Home / RALI / Kia Rally Cup com duelo emocionante no Rali da Água/CIM Alto Tâmega
Kia Rally Cup com duelo emocionante no Rali da Água/CIM Alto Tâmega

Kia Rally Cup com duelo emocionante no Rali da Água/CIM Alto Tâmega

 

 

 

  • Numa prova muito disputada pelo triunfo, a dupla Miguel Abrantes/Filipe Carvalho levou de vencida

Pedro Ruivo/José Patrício e João Santos/João Rocha.

 

  • Realizando uma prova imaculada  sem quaisquer  problemas  mecânicos,  os pilotos do Kia Rally Cup voltaram a elogiar a elevada fiabilidade e a diversão obtida ao volante do carro

 

 

Chaves, 5 de Setembro de 2021 – Um teste difícil e, por esse motivo, ainda mais saboroso. A passagem do Kia Rally Cup pelo Rali da Água/CIM Alto Tâmega colocou novamente em evidência a enorme versatilidade do Kia Picanto GT e a bravura dos pilotos que militam na competição promovida pela CRM Motorsport.

 

Com 9 sinuosas provas especiais de classificação (PEC) em pisos de asfalto, o certame promovido pelo Clube Automóvel do Minho (CAMI) abriu com a liderança surpreendente de Pedro Ruivo/José Patrício no Troféu reservado aos irreverentes Picanto. A dupla assistida pela Filipe Sport venceu de uma assentada as duas primeiras PEC de sábado, impondo uma vantagem confortável sobre os rivais, e geriu os seus esforços na super-especial nocturna que encerrou o primeiro dia de competição para terminar a etapa inaugural com um avanço de 17s sobre o 2ª classificado.

 

Salientando que o dia seguinte abria uma “nova oportunidade” para recuperar o terreno perdido, Miguel

Abrantes/Filipe Carvalho admitiram à chegada ao parque de assistência que o ritmo imposto durante a

1ª etapa não tinha sido o mais correto. Num gesto de grande fair-play, elogiaram, também, a evolução registada pelos seus mais diretos adversários, dada a inexperiência de Pedro Ruivo nos ralis.

 

Por outro lado, João Santos/João Rocha congratulavam-se por terem recuperado a confiança nestas lides, após alguns meses afastados da modalidade, à conta de um pequeno erro que motivou uma saída de estrada, na última edição do Rali de Castelo Branco.

 

GRANDE RECUPERAÇÃO

Sem nunca se darem por vencidos, Miguel Abrantes/Filipe Carvalho iniciaram o segundo dia de competição imprimindo um ritmo diabólico. Após as duas primeiras PEC de domingo, tinham reduzido integralmente a desvantagem para Pedro Ruivo/José Patrício, arrematando em definitivo a liderança em “Boticas/Vidago 1” — PEC que antecedeu o derradeiro reagrupamento.

 

Na parte da tarde, novo triunfo nas PEC 7, 8 e 9, capitalizando também nas dificuldades sentidas pelos ocupantes do carro #51 (Ruivo/Patrício) durante a segunda passagem por “CIM/Alto Tâmega”, mas que em nada esmorecem a prestação realizada pelos eventuais vencedores.

 

Cientes do percurso até aqui realizado, mas também do trabalho que ainda existe por fazer, a dupla vencida festejou mais um positivo 2º lugar no Kia Rally Cup, na frente de João Santos/João Rocha, que

 

 

 

correram com uma estrutura privada e o apoio do concessionário Kia Corvauto. A dupla representante do Munícipio de Vagos recuperou a crença nas suas capacidades e demonstrou estar preparada para voos mais altos já na próxima etapa da competição.

 

Miguel Abrantes, que estreou um novo navegador em Filipe Carvalho, sumariza o Rali da Água/CIM Alto

Tâmega como uma prova “que começou mal e acabou muito bem” após um sábado desinspirado:

 

“No primeiro dia tivemos um resultado aquém do esperado, mas que serviu para nos moralizar e motivar a entrar ao ataque no domingo. Conseguimos recuperar nas duas primeiras especiais o tempo que tínhamos perdido e depois ganhámos em Boticas 1 uma vantagem considerável para o Pedro [Ruivo], que está de parabéns. Andou muito bem e fez uma grande evolução. Depois, conseguimos gerir essa vantagem e chegar aqui em 1º lugar, o que é extraordinário!”

 

Pedro Ruivo enalteceu o trabalho da sua equipa e reconheceu as dificuldades inerentes à modalidade:

 

Foi fantástico! Tratou-se realmente de um Rali do Alto Tâmega, com altos e baixos. Começámos bem, passámos por momentos menos positivos e também metemos água, ou não fosse este o Rali da Água! [risos] Tivemos uma saída de estrada, mas foi bom, porque deu para aprender. Os ralis não passam apenas por ganhar ou por perder: temos de passar pelas mais diversas situações de modo a acumular experiência. Esta prova foi uma grande aprendizagem para ganhar juízo, cabeça e quilómetros. Quero agradecer ao meu navegador, à minha equipa e a todos os que me têm dado apoio para chegar até aqui. Agora é continuar a evoluir. Vamos a isso!”

 

Para João Santos, o resultado obtido veio coroar um fim-de-semana que superou as suas expectativas:

 

“Chegámos ao fim, e isso era o mais importante. Tivemos uma prestação segura e realizámos um bom rali, que nos dá motivação para regressar ao volante já na próxima oportunidade!”, concluiu.

 

Na opinião de Tiago Raposo Magalhães, a visita ao Rali da Água/CIM Alto Tâmega representou um desafio à altura do carro, pneus, pilotos e equipas que dão corpo ao Kia Rally Cup:

 

“Tivemos uma prova com muito calor, estradas estreitas e muito sinuosas, e nem por um momento sentimos que as equipas não conseguiriam superar este difícil teste. O nosso Kia Picanto GT versão de ralis voltou a portar-se maravilhosamente, registando zero problemas mecânicos, ao passo que a competição continua a destacar-se como uma das mais equilibradas do panorama nacional. A todos os envolvidos, os meus parabéns!”, reflete o responsável da CRM Motorsport.

 

Classificação Kia Rally Cup, Rali da Água/CIM Alto Tâmega, 4-5 Setembro 2021

1º 50 Miguel Abrantes/Filipe Carvalho — 1:13:.17.0s

2º 51 Pedro Ruivo/José Patrício — 1:15:57.9

3º 52 João Santos/João Rocha — 1:19:30.7s

&nbsp

Scroll To Top