Sábado , Dezembro 15 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Lukyanuk aumenta a liderança, Sousa conserva posição no “açoriano”
Lukyanuk aumenta a liderança, Sousa conserva posição no “açoriano”

Lukyanuk aumenta a liderança, Sousa conserva posição no “açoriano”

 

Vencendo três das seis especiais percorridos no dia de hoje, o piloto russo Alexey Lukyanuk em Ford Fiesta R5 não só conservou a liderança da prova açoriana como aumentou para 21,8 seg. a vantagem para Ricardo Moura . O piloto de São Miguel após um furo numa das rodas do Skoda Fabia R5 na PE5 Feteiras 1, deixou então de atacar tão forte passando a gerir o seu andamento, já que Bruno Magalhães (Škoda Fabia R5) – e fruto de uma excelente etapa, já está a pouca mais de 10 seg. do piloto do Team Além Mar. Quando faltam ainda disputar 107.57 km em troços cronometrados e onde se destaca a sempre complicada dupla passagem pela Tronqueira, está sim tudo ainda em aberto relativamente a vitória na prova, pois no ano passado este mesmo trio ocupava as primeiras posições e Moura – que era então o terceiro a 33.8s seg. do piloto russo, acabaria por vencer a prova. Promete.

Chris Ingram e Martin KOČI, respectivamente quarto e quinto da geral e ambos em Škoda Fabia R5 aos poucos foram se atrasando do trio da frente – nomeadamente de Magalhães, sendo 11,9 seg. que os separam, com Fredrik Åhlin (Škoda Fabia R5) – que fez uma má escolha de pneus, a se encontrar já a mais de 40 seg. do jovem piloto esloveno e da luta pela ERC Junior U28, agora liderada por Ingram.

Já a pensar nas “contas” do Campeonato local, Bernardo Sousa em Citroen DS3 R5 desceu para sétimo da geral, tendo aproveitado o atraso por problemas na direcção assistida do Ford Fiesta R5 de Luis Miguel Rego Jr. (11.º), para ter agora uma margem de mais de 50 seg. para gerir no dia de amanhã.

Rhys Yates (Škoda Fabia R5), Frank Tore Larsen (Ford Fiesta R5) e Carlos Vieira (Hyundai i20 R5) fecham respectivamente o top ten, numa etapa onde o piloto português mesmo a recuperar muito do tempo perdido ontem, voltou a sentir problemas no carro sul-coreano (sistema antilag).

Na ERC2 o piloto russo Sergey Remennik (Mitsubishi Lancer Evo X) tem mais de um minuto de vantagem sobre Juan Carlos Alonso em carro idêntico e na ERC3 assistiu-se a mudança de líder. Mārtiņš Sesks quando tinha já na sua peugada (a 3,2 seg.) Diogo Gago (Peugeot 208 R2), furou em Feteiras 2 uma das rodas do seu Opel Adam R2, perdendo mais de 40 seg. para o piloto luso, que está agora a um passo de repetir o triunfo na “3” alcançado em 2016.

Classificação geral após o 2.º dia de prova:
1. Lukyanuk Alexey – Arnautov A. 1:11:34.0
Ford Fiesta R5
2. Moura Ricardo – Costa António +21.8 (1.º CPR e CAR)
Škoda Fabia R5
3. Magalhães B. – Magalhães H. +32.4 (2.º CPR)
Škoda Fabia R5
4. Ingram Chris – Whittock Ross +44.1
Škoda Fabia R5
5. Koči Martin – Schovánek F. +56.0
Škoda Fabia R5
6. Åhlin Fredrik – Sjöberg J. +1:37.9
Škoda Fabia R5
7. Sousa Bernardo – Cardoso V. +1:54.9 (2.º CAR e 3.º CPR)
Citroën DS3 R5
8. Yates Rhys – Edmondson Elliott +2:23.1
Škoda Fabia R5
9. Larsen Frank Tore – Eriksen T. +2:26.3
Ford Fiesta R5
10. Vieira Carlos – Carvalho J. +2:45.8 (4.º CPR)
Hyundai i20 R5
11. Rego Jr. Luís – Henriques J. +2:46.0 (3.º CAR)
Ford Fiesta R5
12. Teodósio R. – Teixeira J. +3:02.9 (5.º CPR)
Škoda Fabia R5
13. Fontes José Pedro – Babo P. +3:05.9
Citroën DS3 R5
14. Botka Dávid – Mesterházi M. +3:12.1
Škoda Fabia R5
15. Habaj Łukasz – Dymurski D. +3:21.2
Ford Fiesta R5
16. Herczig Norbert – Ferencz R. +3:30.6
Škoda Fabia R5
17. Griebel Marijan – Kopczyk S. +3:36.6
Peugeot 208 T16
18. Kreim Fabian – Christian Frank +4:22.8
Škoda Fabia R5
19. Avcioglu Orhan – Korkmaz B. +4:52.9
Škoda Fabia R5
20. Gago Diogo – Ramalho Miguel +6:57.7 (1.º ERC3)
Peugeot 208 R2…

 

CARLOS DA SILVA

 

 

Scroll To Top