Terça-feira , Junho 2 2020
ÚLTIMAS
Home / RALI / Luta intensa pela vitória na Polónia
Luta intensa pela vitória na Polónia

Luta intensa pela vitória na Polónia

Os problemas com o público voltaram a sentir-se no segundo dia. Não foi necessário anular troços, mas o atraso foi inevitável para colocar os espectadores mal posicionados. Pior, foi um video que ficou online onde se vê um veículo dos bombeiros a entrar em pleno troço no sentido contrário, cruzando-se com Fábio Andolfi, faltando pouco para um terrível choque frontal.

Ott Tänak e Thierry Neuville continuaram a grande luta do dia anterior, com ambos a passarem de novo pela liderança no segundo dia. A meio da tarde, Neuville perdeu a primeira posição após furar um pneu posterior esquerdo, mas na mesma especial, Tänak perdeu a grande asa posterior que dá todo o downforce ao Fiesta nas altas velocidades. O estónio fez o possível, mas acabou por perder a liderança de novo para o belga no final do dia.

Jari-Matti Latvala venceu o primeiro troço do dia, mas depois foi perdendo algumas “migalhas” no cronómetro, até ficar parado na mesma especial em que Neuville furou e Tänak perdeu a asa.

Sébastien Ogier também teve um mau inicio dia, ao furar nos dois primeiros troços, ficou sem o pára-choques dianteiro e todo o apoio aerodinâmico dianteiro, perdendo duas posições para os dois Hyundai de Paddon e de Sordo.

Hayden Paddon venceu três especiais, aproveitou o infortúnio do francês para subir à quarta posição e mais tarde ao lugar mais baixo do pódio, quando Latvala ficou parado.

Dani Sordo terminou o dia na quinta posição, não conseguindo aproveitar os problemas de Ogier que acabou por recuperar a quarta posição.

Teemu Suninen cometeu pequenos erros e ligeiras saídas nesta fase de aprendizagem ao world rally car, mas o jovem finlandês manteve a sétima posição.

Stéphane Lefebvre continua a ser o melhor piloto da Citroën e continuou a ter vantagem sobre Mads Østberg, defendendo-se muito bem do norueguês, sendo ainda um dos pilotos mais rápidos do dia entre o top 5.

Andreas Mikkelsen esteve muito melhor do que no dia anterior, acabando por entrar nos lugares pontuáveis, apesar de ter cometido alguns erros. O norueguês também conseguiu aproximar-se de Elfyn Evans que ocupa a nona posição, com 11,1s de vantagem.

Juho Hänninen perdeu  quatro posições para Lefebvre, Østberg, Evans e Mikkelsen, sendo o único Toyota a terminar o segundo dia, uma vez que Lappi nem arrancou para a estrada.

Primeiro na estrada sem chuva, mas com o piso húmido, Craig Breen até não esteve mal. Efetuou alguns tempos interessantes, conseguindo recuperar muitas posições ao longo do dia.

Ole Christian Veiby e Pontus Tidemand continuam na sua luta pelo melhor lugar no WRC2, com o norueguês a ficar sem pressão por parte do sueco, quando furou perto do final do dia.

VENCEDORES DE TROÇOS:
Elfyn Evans (2); Thierry Neuville (7); Jari-Matti Latvala (3); Teemu Suninen (1); Ott Tänak (1); Hayden Paddon (3)
LÍDERES DO RALLY:
Elfyn Evans (SS1); Thierry Neuville (SS2); Jari-Matti Latvala (SS3 a 7); Ott Tänak (SS8); Thierry Neuville (SS9 a 11); Ott Tänak (SS12 a 13); Thierry Neuville (SS14 a 15); Ott Tänak (SS16 a 17); Thierry Neuville (SS18 a 19)
PRINCIPAIS ABANDONOS:
12 Esapekka Lappi / Janne Ferm Janne (FIN) Toyota Yaris WRC (suspensão na SS4)
10 Jari-Matti Latvala / Miika Anttila (FIN) Toyota Yaris WRC (avaria na SS16)

46 Osyan Price / Dale Furniss (GB) Ford Fiesta R5 (acidente na SS2)
38 Hubert Ptaszek / Maciej Szczepaniak (PL) Skoda Fabia R5 (capotou na SS7)
41 Jarosław Kołtun / Ireneusz Pleskot (PL) Ford Fiesta R5 (acidente de viação antes da SS11)
39 Łukasz Pieniążek / Przemysław Mazur (POL) Peugeot 208 T16 (bomba de gasolina na SS11)
36 Pedro Heller / Pablo Olmos (CHI/ARG) Ford Fiesta R5 (perdeu roda na SS16)
Ricardo Nascimento (http://web-rally.blogspot.pt)

 

Scroll To Top