Sexta-feira , Abril 23 2021
ÚLTIMAS
Home / RALI / Martinez volta a vencer, “bis” de Padilla nos MRT

Martinez volta a vencer, “bis” de Padilla nos MRT

Tendo como epicentro a cidade General Juan Madariaga localizada na província de Buenos Aires, a 3.ª prova pontuável do C. da Argentina de Ralis voltou a ser um “passeio” para os três Skoda Fabia R5 (categoria RC2A) da estrutura chilena da CB Tech Rally. Se no primeiro dia de prova coube ao local Alejandro Cancio “cavar” uma pequena vantagem sobre o chileno Jorge Martinez, na 2.ª etapa Martinez voltou a demonstrar que apesar do seu menor conhecimento dos “palcos” argentinos, a sua (relativa) maior velocidade valeu-lhe a segunda vitória consecutiva naquela competição.
18,5 seg. acabou por ser a diferença final entre ambos, cabendo a Juan Carlos Alonso – novamente a fazer uma prova em franca recuperação, fechar os lugares do pódio mas já à mais de um minuto dos seus colegas de equipa. Com este resultado, Martinez aumenta a sua vantagem na liderança da Classe com mais 38 pontos que Cancio e Alonso. Depois de dois abandonos consecutivos, Martín Scuncio no Hyundai I20 R5 da Print Cola acabaria por terminar a prova na quinta posição, optando sobretudo em não cometer erros.
Na RC2B, novamente ficou claro que os Maxi Rally Car não têm argumentos para os melhores R5, perdendo para estes (em média) 1 seg. por quilómetro. Depois de um bom início de prova dos Chevrolet Agile MRT de Marcos Ligato (abandono) e de Miguel Baldoni (13.º), logo na primeira especial do segundo dia Gerónimo Padilla num VW Polo MRT da Baratec, viu ambos os carros Tango Rally Team sofrerem problemas mecânicos, respetivamente, de sobreaquecimento de motor e turbo partido, saltando em definitivo para a quarta posição da geral, mas sobretudo conquistando a sua segunda vitória na classe.
Apesar de um forcing final, Gastón Pasten (7.º) num VW Polo MRT não conseguiu por apenas 8 décimas suplantar o Toyota Yaris MRT de Federico “Coyote” Villagra (6.º), seguindo-se depois três carros da Copa Pirelli (unidades com menos 2 mm na falange do turbo que os “full” MRT): Diego Miceli em VW Polo MRT (8.º), Leandro Bonnin em Citroen DS3 MRT (9.º), com o Peugeot 208 MRT de Rodrigo Disalvo a fechar o Top 10.
Pela negativa, há a registar o capontanço de Nicolás Díaz (Ford Fiesta MRT), problemas elétricos no VW Polo MRT de Augusto D’Agostini que o fez perder mais de 37 minutos no segundo dia e o terceiro abandono – em outras tantas provas, de Marcos Ligato e de David Nalbandian…
Classificação final:
1. Martínez Fontena J. – Alvarez Nicholson A. 1H11:45.3
Skoda Fabia R5 (1.º RC2A)
2. Cancio Alejandro – Garcia Santiago +18.5
Skoda Fabia R5 (2.º RC2A)
3. Alonso Juan Carlos – Monasterolo J. +1:13.7
Skoda Fabia R5 (3.º RC2A)
4. Padilla Geronimo – Garcia Nicolas +1:33.9
Volkswagen Polo MRT (1.º RC2B)
5. Scuncio Martin – Vera Sebastian +1:37.8
Hyundai i20 R5 (4.º RC2A)
6. Villagra Federico – Klus Virginia +2:17.3
Toyota Yaris MRT (2.º RC2B)
7. Pasten Gaston – Ramos Matias +2:18.1
Volkswagen Polo MRT (3.º RC2B)
8. Miceli Diego – Arrieta Eugenio +2:26.9
Volkswagen Polo MRT (1.º Pirelli Cup)
9. Bonnin Leandro – Baucero Martin +2:37.6
Citroën DS3 MRT (2.º Pirelli Cup)
10. Disalvo Rodrigo – Pissaco Andres +3:03.1
Peugeot 208 MRT (3.º Pirelli Cup)
11. Zeballos Rodrigo – Gonzalez Sebastian +3:20.4
Peugeot 208 MRT (7.º RC2B)
12. Menendez Alejandro – Uez Ahumada I. +4:50.0
Volkswagen Gol Trend MRT (4.º Pirelli Cup)
13. Baldoni Miguel-Angel – Franchello G. +4:50.4
Chevrolet Agile MRT (9.º RC2B)…
20. Ballay Victorio – D’Elia Andres +9:50.0
Toyota Etios JR (1.º RC3)
21. Prevedello Antonio – Andreatta Vicente +10:46.7
Mitsubishi Lancer Evo X (1.º RC2N)…
74. D’Agostini Augusto – Carrera J. +40:43.4
Volkswagen Polo MRT (17.º RC2B)…
CARLOS DA SILVA
Photo credits @ Copyrights Rally Argentino

&nbsp

Scroll To Top