Quarta-feira , Fevereiro 19 2020
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / MIGUEL BARBOSA LIDERA BAJA PORTALEGRE 500
MIGUEL BARBOSA LIDERA BAJA PORTALEGRE 500

MIGUEL BARBOSA LIDERA BAJA PORTALEGRE 500

Miguel Barbosa regressou ao melhor nível às provas do todo-o-terreno nacional. À vitória no Prólogo somou a do Sector Seletivo da tarde (69.03 km). Com esta prestação o piloto da Toyota Hilux, navegado por Pedro Velosa, termina o dia na frente da classificação geral.

Mas está tudo em aberto. A 23.5s, Orlando Terranova é segundo, piloto que tenta chegar ao título na Taça do Mundo FIA de Todo-o-Terreno Bajas, que se decide em Portalegre. Outro nome grande da prova do ACP é Nani Roma, que ocupa o terceiro posto (Borgward BX7 Dkr EVO).

Jakub Przygonski (Mini John Cooper Works Rally) e o líder da Taça do Mundo FIA Vladimir Vasilyev (Toyota Hilux) fecham o top cinco.

Hélder Oliveira está na sexta posição, depois de um sector da tarde em que teve problemas na direção da frente do seu Mini All4 Racing. No sétimo posto está Tiago Reis (Mitsubishi Lancer), piloto que teve um susto com uma saída de estrada. O líder do campeonato português, Alexandre Ré (Volkswagen Amarock), é oitavo.

A fechar os 10 primeiros estão os irmãos Alexandre e Rui Franco (BMW Evo X1) e o Mini Paceman de César Sequeira e da sua filha Filipa Sequeira. Pedro Dias da Silva (Ford Proto), outro dos nomes em contenda na luta pelo campeonato nacional, é para já 13º classificado.

Este foi um dia difícil para alguns concorrentes. O atual campeão João Ramos parou ao quilómetro 36 com problemas mecânicos na sua Toyota Hilux, enquanto Ricardo Porém ficou sem direção assistida ao quilómetro 30, facto que justifica a 20ª posição na geral.

O agrupamento T2 é liderado por João Ferreira/David Monteiro (Toyota Land Cruiser), o evento nacional por Henrique Silva/Henrique Damásio (Mini Paceman Proto) e a Taça Portugal de TT por José Maia/Gustavo Gaudêncio (Nissan Navara).

Baja Portalegre 500 termina amanhã, com os concorrentes a terem pela frente dois Sectores Seletivos e um total de 385.31 quilómetros cronometrados. Por isso tudo pode acontecer.

 

Scroll To Top