Quarta-feira , Fevereiro 20 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / Motor do Yaris “temido” pela concorrência
Motor do Yaris “temido” pela concorrência

Motor do Yaris “temido” pela concorrência

 

O domínio de Ott Tanak no ultimo Rally da Argentina deixou os rivais da equipa Toyota “constrangidos” pela performance evidenciada pelo seu Yaris, especialmente a nível do motor do carro nipónico. Tanak – que não fez qualquer alteração no setup do seu carro durante toda a prova, afirmou que encontrou a afinação ideal nos testes recentemente efectuados na Sardenha. Mas já antes (no decorrer do rali da Córsega) os Yaris já tinham revelado uma performance assinável, chegando (Lappi e Tanak) a bateram os tempos dos ultra-competitivos “Reis do asfalto”: Ogier e Loeb!

Embora Thierry Neuville tenha ficado satisfeito com o “joker” de motor que a Hyundai introduziu no rali argentino, o piloto belga manifestou alguma apreensão com a velocidade imprimida dos Yaris na Argentina. “Eu não fiquei particularmente feliz pois nos dois primeiros dias de prova não conseguimos obter os melhores tempos, mesmo quando eu estava imprimindo um ritmo bastante forte. Eles (Toyota) já deram um passo para melhorarem e mostraram-se muito fortes. Isso é embaraçoso para nós”.

Outra “voz” de uma rival da Toyota (M-Sport, Citroen ?) afirmou que o desempenho do motor do Yaris é já uma preocupação para a sua equipa. “Nós já estudamos os dados obtidos na Córsega. Você reparou o quanto andam entre cada curva? A rapidez com que alcançam dos 75 km/h para 150 km/h é simplesmente incrível. De qualquer das formas este motor já é bastante competitivo e eles já estão se preparando para o melhorar! ”

A este propósito, Tommi Makinen o diretor da equipa japonesa, confirmou que o motor do Yaris WRC será a próxima área onde irão se focalizar, onde um novo up-grade (já testado num carro de testes) será introduzido no Rali da Finlândia. “Ele (motor) nos dará mais binário. Eu não tenho os dados em número. Teremos mais potencia? Eu não sei. Mas isso tornará o nosso carro um pouco mais fácil conduzir.”

Quanto ao diretor técnico da Toyota, Tom Fowler, afirmou que a atualização da nova unidade motriz iria se basear sobre a sua maneabilidade. “Ainda estamos trabalhando nas novas peças do motor que serão apresentadas para a respectiva homologação. O objetivo tem sido de fazer um motor menos potente, mas ao mesmo queremos manter a mesma velocidade de ponta. Queremos sim é ampliar a sua maneabilidade. É nisso que estamos nos focalizando onde haverá uma faixa de binário mais ampla”.

CARLOS DA SILVA

 

Scroll To Top