Quinta-feira , Março 21 2019
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / MRacing sobe ao pódio numa corrida muito disputada
MRacing sobe ao pódio numa corrida muito disputada

MRacing sobe ao pódio numa corrida muito disputada

A penúltima etapa do CNTT em Idanha previa dois dias de grande competição para o todo-o-terreno. Nas palavras de Manuel Russo, que adivinhava que esta seria “uma corrida dura e muito disputada”, “o campeonato está ao rubro e os pilotos que nele estão a competir têm que dar tudo para conseguir amealhar o máximo de pontos”.
Numa prova que impõe um ritmo muito rápido e que não facilita grandes intervenções nas curtas assistências entre sectores, a MRacing vê o trabalho exímio de preparação dos carros dos seus clientes recompensado ao conquistar um 2º e um 4º lugar.
Manuel Russo conclui: “E assim o nosso trabalho, aliado ao bom momento de forma que os nossos pilotos atravessam, possibilitaram a passagem pelo comando da corrida tanto do Paulo Ferreira como do Alejandro Martins, ficando este último num excelente 2º lugar final”. Pilotos e mecânicos estão de parabéns pelo excelente desempenho.

 

Alejandro Martins confirmou que “era esta a expectativa e que não há dúvida de que tudo funcionou”. O piloto, que com José Marques alcançou o 2º lugar, refere que este foi um bom prémio: “Ao final de 17 corridas em toda a minha carreira no Nacional TT, conseguimos quatro pódios, dois terceiros lugares, dois segundos lugares e dois décimos em Portalegre. Podíamos ter feito melhor, mas outras prestações e história no TT só se fazem com pilotos sobredotados e, felizmente, cá no nosso campeonato estão a surgir talentos que puderam rapidamente ambicionar ser campeões nacionais, quem sabe, campeões do mundo nesta modalidade”.
Com um percurso “muito rolante e exigente a todos os níveis”, Alejandro felicita a “boa organização da prova, boa equipa, bons carros e bom resultado”, agradecendo “o apoio de todos os que se predispuseram passar este fim de semana com tanto calor e pó”.

“Esta corrida, para nós, foi perfeita”, diz Paulo Rui Ferreira.
O piloto, que terminou a corrida em quarto lugar e que chegou a liderar o pelotão por momentos, afirma que os objetivos foram largamente cumpridos e que se divertiu muito. “Como prevíamos, e de acordo com o que vem sendo hábito, a organização da corrida esteve ao melhor nível e as pistas são, de facto, fantásticas, como era nossa expectativa”.
Paulo Rui afirma que é merecido partilhar os louros da “belíssima corrida” com a equipa de assistência, que prestou um auxílio “perfeito e com um nível de profissionalismo a que já nos habituámos há muito tempo”.
Este trabalho não seria também possível sem a cooperação do seu co-piloto, Jorge Monteiro, que “esteve irrepreensível, como é seu hábito, fazendo parecer fácil estas coisas”.  Paulo Rui Ferreira dá os parabéns ao seu navegador, alertando para a necessidade de não nos esquecermos que “os resultados passam muito pelo seu desempenho”.

 

Scroll To Top