Quinta-feira , Abril 18 2019
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Mundial Superbikes regressa à “montanha russa”

Mundial Superbikes regressa à “montanha russa”

 

O dia 2 de Novembro de 2008 marcou a data da realização da primeira corrida no solo do Autódromo Internacional do Algarve. No mesmo fim-de-semana em que o novo complexo era inaugurado as Superbike faziam a sua estreia no circuito e com elas também Jonathan Rea competia pela primeira vez na classe maior do campeonato que regressava a Portugal após uma longa ausência, conseguindo o quarto posto na primeira corrida e o 15º na derradeira corrida do ano, sendo que ambas foram ganhas pelo australiano Troy Bayliss, que assim colocou o seu nome no topo da lista de vencedores no AIA.

No ano seguinte, 2009, o AIA voltou a ser o cenário da derradeira prova do campeonato a 25 de Outubro, com as vitórias a pertencerem então a Ben Spies, que se tornou campeão do mundo nesse mesmo dia mesmo se a corrida de fecho de ano foi ganha por Michele Fabrizio. No ano seguinte, 2010, foi Max Biaggi quem venceu as duas corridas naquela que foi a segunda prova do ano logo após a tradicional abertura em Phillip Island na Austrália e em 2011 Marco Melandri e Carlos Checa conseguiram as suas primeiras vitórias na prova então realizada no dia 16 de Outubro, na terceira e última vez que o campeonato se despediu no circuito algarvio.

Em 2012 Tom Sykes estreou-se a vencer no mesmo dia em que também Eugene Laverty o fez, estávamos a 23 de Setembro e no ano seguinte o AIA acolheu a sexta prova do ano com vitórias de Melandri e Laverty no dia 9 de Junho. Em 2014 foi Jonathan Rea a estrear-se nas vitórias em Portimão, mas isso só depois de Tom Sykes ter ganho a primeira manga no arranque do Verão desse mesmo ano, estávamos então a 6 de Julho. Jonathan Rea tomou-lhe o gosto e no ano seguinte, 2015, venceu ambas as corridas na sua estreia com a Kawasaki. O AIA recebeu nesse ano a sétima prova do ano, com duas corridas totalmente distintas, a primeira marcada pela chuva e a segunda totalmente seca.

Agora, no regresso deste campeonato e suas sub-classes a um dos mais carismáticos circuitos do calendário a luta pelas primeiras posições promete ser bastante interessante.

NÚMEROS DAS SBK NO AIA

230 – Os pontos já conquistados por Jonathan Rea em Portimão

65 – Recorde de voltas na liderança no AIA nas mãos de Eugene Laverty

17 – Pilotos que já subiram ao pódio no AIA

16 – As corridas de Superbike realizadas no AIA

16 – As corridas que Jonathan Rea já fez em Portimão. É o único totalista.

10 – As presenças de Jonathan Rea nos pódios do mundial SBK em Portimão

9 – Vencedores distintos

8 – Provas do Mundial Superbike

5 – As vitórias dos melhores países (Itália e Inglaterra)

4 – As vitórias dos melhores construtores (Aprilia, Ducati e Kawasaki)

3 – As vitórias de Jonathan Rea, todas consecutivas (2ª Manga 2014 e ambas em 2015)

3 – Os pilotos que venceram ambas as corridas no mesmo fim-de-semana (Bayliss em 2008; Biaggi em 2010 e Rea em 2015)

3 – As ‘poles’ de Tom Sykes no AIA (2012/2013/2014). É o único piloto com mais que uma ‘pole’

1m41.360s – O recorde de qualificação e a melhor volta aos 4.592 metros do circuito feita por Tom Sykes

 

Scroll To Top