Quinta-feira , Junho 20 2019
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Nacional Velocidade 2019 ‘Montanha Russa’ com casa cheia
Nacional Velocidade 2019 ‘Montanha Russa’ com casa cheia

Nacional Velocidade 2019 ‘Montanha Russa’ com casa cheia

Após um arranque de campeonato nacional de velocidade no Circuito do Estoril com cerca de oito dezenas de pilotos, a segunda prova do campeonato levou este fim‑de‑semana até ao Autódromo Internacional do Algarve mais de nove dezenas de pilotos, entre eles duas dezenas de concorrentes á classe rainha, as Superbike.

As alterações pedidas pelos pilotos e equipas da categorias no decorrer do defeso são certamente um dos motivos pelo qual mais pilotos estão a comparecer na classe neste ano de 2019 e se o Estoril foi o cenário perfeito para o arranque da época, o Autódromo Internacional do Algarve confirmou igualmente com cenário de destaque o lote de pilotos que promete animar o CNV.

Reconhecidamente rápido no Algarve, Ivo Lopes mostrou isso mesmo logo na qualificação quando colocou quase um segundo entre si e o piloto que se colocou a seu lado na grelha de partida para a primeira corrida, Tiago Magalhães, ficando a primeira das sete linhas de grelha com Pedro Nuno – um dos vencedores no Estoril – a fechar a mesma. Nas quinze voltas da corrida a história teve os mesmos protagonistas, aos quais se juntou André Pires, com Tiago Magalhães a liderar na primeira passagem aos 4562 metros do circuito. Ivo Lopes era quarto no final da primeira volta depois de um arranque menos ‘explosivo’ mas na quarta volta – depois de duas voltas com André Pires no comando do pelotão – era já o campeão nacional a comandar, posição que levou até ‘abraçar’ a bandeira de xadrêz no final da 15ª volta de corrida. André Pires foi segundo – depois de passar Magalhães na sétima volta – até bem perto do final quando o rival saltou de novo para o degrau intermédio de pódio, segurando a posição nas derradeiras três voltas e deixando o transmontano em terceiro na frente de Pedro Nuno, o quarto na frente de Romeu Leite.

Na qualificação para a segunda corrida Ivo Lopes voltou a mostrar o seu á vontade na ‘montanha russa’ e assegurou nova ‘pole’ na frente desta feita de Pedro Nuno e André Pires. Pedro Nuno foi desta feita o principal oponente de Lopes na fase inicial, mas na quinta volta Ivo Lopes era já o comandante e foi novamente ele o primeiro na linha de meta com quase seis segundos e meio de vantagem face a Tiago Magalhães que depois de rodar grande parte da corrida atrás de Pedro Nuno e André Pires desferiu um ataque letal na derradeira volta para subir de quarto para segundo e dobrar o resultado conseguido no dia anterior, deixando Pedro Nuno no terceiro lugar e André Pires fora do pódio e na frente de Rui Reigoto, desta feita o quinto.

Nas PréMoto3 Kiko Maria repetiu a vitória conseguida no arranque do campeonato e cruzou a linha de meta após 12 voltas com quase um minuto de vantagem sobre David Ferreira e já mais de uma volta no ponteiro do relógio face ao terceiro, Rui Afonso. Tomás Alonso repetiu igualmente a primeira posição da corrida anterior ao ser o melhor nas Supersport 300, na frente de Vasco Esturrado e Pedro Fragoso. Nas Moto5 foi Tiago Balhé que se estreou no degrau mais alto do pódio ao fechar as 12 voltas da corrida com 25 segundos de vantagem sobre Pedro Afonso e quase 45 na frente de Rodrigo Martins. Marco Mateiro foi o melhor nas 85cc na frente de Nuno Ribeiro e Bruna Santos.

No Troféu ENI-TLC o primeiro dia de competição foi ganho por João Curva, Ricardo Almeida e António Reis, respectivamente nas classes Open, SBK e SS, cabendo a Abian Romero a vitória na ZCup, o competitivo e animado troféu com as Kawasaki Z900 que desta feita contaram com 14 motos em pista. Na segunda corrida João Curva e Ricardo Almeida repetiram a dose, com Joaquim Boavida a ser desta feita o melhor nas SS. Nas ZCup foi igualmente Abian Romero o mais rápido a caminho da meta, batendo por apenas segundo e meio Nuno Farias. Ricardo Silva e Tiago Pires foram os melhores nas suas classes na primeira corrida da Copa Dunlop Motoval, mas na segunda corrida foi Jaime Coelho quem subiu ao degrau mais alto do pódio na classe 1, com Tiago Pires a repetir a vitória na classe 2. A próxima prova do campeonato terá novamente como cenário o ‘sobe e desce’ da pista algarvia, nos dias 15 e 16 de Junho.

 

Scroll To Top