Domingo , Setembro 26 2021
ÚLTIMAS
Home / RALI / Nelson Silva e Miguel Carvalho vencem Desafio Kumho no Rali de Famalicão
Nelson Silva e Miguel Carvalho vencem Desafio Kumho no Rali de Famalicão

Nelson Silva e Miguel Carvalho vencem Desafio Kumho no Rali de Famalicão

Nelson Silva e José Janela, na Divisão 1 do 4º Desafio Kumho Portugal, Kumho Norte e Kumho Asfalto, e Miguel Carvalho e e António Reis, na Divisão 2, foram os galardoados da competição da ASR Tyres, terceira prova do Campeonato Norte de Ralis, e primeira da época realizada em pisos de asfalto.

Apostados em dar mais um passo importante na sua campanha a norte, Nelson Silva e José Janela viam a prova do Team Baia como uma boa oportunidade para chegarem às posições cimeiras da classificação geral absoluta, aos comandos do Mitsubishi Lancer Evo VI, que estreava uma nova decoração.
“Tínhamos como objetivo lutar pelo pódio neste rali. Não pelo perfil da prova, mas também porque me sinto sempre mais à vontade nos pisos de asfalto. Infelizmente o problema com o ALS fez-nos perder tempo decisivo, e não nos permitir terminar no pódio absoluto”, referiu o piloto vianense, que para além de vencer da Divisão 1 conquistou a sexta posição absoluta.
Os pneus da Kumho mostraram-se um precioso aliado de Nelson Alves e José Janela, que depois do problema com o ALS apenas tiveram um pequeno percalço um toque, que em nada influiu no resultado final.

Já na Divisão 2, Miguel Carvalho e António Reis souberam tirar bom partido do seu Peugeot 206 GTi, acabando por se impor na ‘guerra dos pequenos leões’ de Sochaux que o pôs a Rafael e Gonçalo Cunha, segundos classificados, e a André Ribeiro e João Alves, que subiram ao último lugar do pódio.

No início do rali, Rafael Cunha assumiu o comando, conseguindo uma vantagem de 4,4s sobre Miguel Carvalho no decorrer da tirada de sábado. Cunha dilatou essa vantagem no primeiro troço de domingo. Carvalho seria melhor na quarta especial, ainda que não a vencendo, mas encurtou a diferença para o rival, saindo para a derradeira classificativa com 3,1 segundos a separá-lo. Os mais de 13 segundos perdidos por Rafael Cunha no último troço acabaria por sentenciar a prova a favor de Miguel Carvalho, que se impôs por mais de 11 segundos.

Viana Martins e o seu Renault Clio RS ainda passaram pela terceira posição no começo da prova, mas o último lugar do pódio cedo se começou a inclinar em favor de André Ribeiro, que desde o segundo troço não mais largou a terceira posição.

O top cinco da Divisão 2 do Desafio Kumho na prova famalicense acabaria por se inclinar em favor das duplas Pedro Lopes/Duarte Gouveia e Tiago Pereira e Fernando Pereira. A equipa do Peugeot 207 GTi acabaria na frente da do Peugeot 206 GTi, invertendo a ordem que se verificava no começo da prova.

&nbsp

Scroll To Top