Segunda-feira , Dezembro 17 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Nuno Santos arranca pódio a ferros no Algarve
Nuno Santos arranca pódio a ferros no Algarve

Nuno Santos arranca pódio a ferros no Algarve

Estreia no Troféu Mini Portugal com o segundo lugar
Num fim-de-semana em que os desafios eram a dobrar, Nuno Santos aplicou-se para obter um resultado que o deixasse satisfeito na ronda algarvia a contar para o Super Seven by Kia. Depois de ter conquistado a pole-position, o piloto acabou a corrida na terceira posição. O objectivo foi alcançado mesmo que não o tenha sido na totalidade.

 

Na penúltima jornada do Super Seven by Kia, Nuno Santos mostrou toda a sua competitividade logo na qualificação. O piloto lisboeta esteve em bom plano nos 4,672 km do desafiante circuito algarvio e foi o mais rápido nos treinos cronometrados.

Com o tempo realizado, Nuno Santos garantiu a pole-position para a segunda corrida do fim-de-semana deste troféu de velocidade. Com a partida marcada para as oito horas de domingo, o piloto e os seus congéneres abriram a pista no último dia de competição do Algarve Classic Festival.

A prova não só foi madrugadora como foi espectacular. No final, Nuno Santos garantiu o terceiro lugar e subiu ao pódio. O objectivo de estar na festa final foi conseguido. Só não fez o pleno porque não esteve no lugar mais alto.

“Missão cumprida. A corrida foi espectacular. Parece que estamos no karting. Tivemos imensas ultrapassagens e trocas de posição. É muito divertido. O objectivo não foi totalmente alcançado, mas fiquei contente com a minha prestação. Temos uma boa afinação e apenas senti que não consegui extrair todo o potencial do carro. Dou os parabéns ao José Carlos Pires e ao Ricardo Leitão porque hoje foram melhores”, afirmou Nuno Santos.

Mini valeu pela diversão e pelo pódio

A estreia de Nuno Santos ao volante de um Mini de competição culminou com o segundo lugar final na classificação reservada ao Troféu Mini Portugal. Numa grelha de partida com uma grande variedade de carros, Nuno Santos aumentou o seu rendimento a cada sessão que realizou.

O piloto sentiu algumas dificuldades nos treinos cronometrados, mas a situação melhorou de forma considerável para a corrida e isso traduziu-se num lugar no pódio e maior diversão nesta nova experiência.

“Estava um pouco apreensivo quando acabei a qualificação. O set-up do carro não estava bem ao meu gosto e senti que podia ser mais rápido. Felizmente, conseguimos melhorar algumas coisas e em corrida andei depressa e fui consistente. Não deu para ganhar, mas fiquei a apenas quatro décimos de um piloto rápido e com bastante mais experiência que eu nesta competição”, explicou Nuno Santos.

Concluído o Algarve Classic Festival, em que esteve em duas frentes competitivas, Nuno Santos vai parar durante duas semanas e regressa às corridas no Circuito do Estoril, de 10 a 12 de Novembro. Nessas datas, o piloto vai correr na derradeira jornada do Super Seven by Kia.

 

Scroll To Top