Domingo , Outubro 25 2020
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Nuno Santos quer vencer na maratona do Estoril
Nuno Santos quer vencer na maratona do Estoril

Nuno Santos quer vencer na maratona do Estoril

Piloto procura repetir a conquista do Super Seven by Kia

A grande final do Super Seven by Kia realiza-se já no próximo fim-de-semana, no Circuito do Estoril, e Nuno Santos é um dos candidatos ao triunfo. O actual detentor do troféu parte na terceira posição da classificação e aposta forte nesta última oportunidade para voltar a fechar o ano no primeiro lugar da competição organizada pela CRM Motorsport.

Nuno Santos sente-se muito à vontade na pista do Estoril e sabe que tem condições para vencer. Mas também tem consciência que é preciso correr atrás do prejuízo e, por isso, necessita de estar perto da perfeição para ganhar e conquistar, de novo, o troféu. Para além disso, o formato competitivo desta grande final é diferente. Em vez de quatro mangas com 17 minutos de duração cada, as equipas fazem duas corridas de 1h30 cada uma. Ambas realizam-se no domingo, o que exige bastante da capacidade física dos pilotos.

“Não tenho dúvidas que a última jornada do Super Seven by Kia vai ser espectacular. Voltamos a correr juntamente com as equipas inglesas. Vão estar cerca de 50 carros na grelha, o que torna tudo ainda mais intenso. Fiz uma preparação cuidada para estar ao meu melhor nível. Vou dar tudo logo desde o início. Quero ganhar mas também vou à procura dos pontos extra dos treinos cronometrados e das voltas mais rápidas nas corridas”, assegurou Nuno Santos.

As duas maratonas de 1h30 vão exigir uma disponibilidade física maior, Nuno Santos preparou-se para o desafio. “As corridas vão ser muito exigentes. Ainda por cima, realizam-se ambas no mesmo dia com pouco mais de uma hora de intervalo. Tenho cumprido um programa no ginásio e sei que a hidratação vai ser crucial para manter os níveis de concentração”, explicou.

Tecnicamente, o piloto de Lisboa guardou um jogo de pneus novos que vai colocar no carro para esta última jornada. “Espero tirar partido desta minha decisão. Acredito que terei todas as condições para discutir o triunfo em ambas as corridas. Foi para isso que trabalhei nesta última fase da temporada”, esclareceu.

O programa competitivo começa logo no sábado com a qualificação. Vai durar uma hora, entre as 13h55 e as 14h55. Antes disso há duas sessões extra de treinos livres. No domingo, a primeira corrida tem partida marcada para as 11h05 e deverá terminar por volta das 12h35. Às 13h40 começa o derradeiro confronto do ano que acaba às 15h10.

 

Scroll To Top