Quarta-feira , Setembro 18 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / O charme dos clássicos nas ruas de Vila Real
O charme dos clássicos nas ruas de Vila Real

O charme dos clássicos nas ruas de Vila Real

 

 Grandes nomes do automobilismo como John Sheldon, António Simões e Mário Silva vão estar presentes

Menor presença de estrangeiros devido a atrasos na confirmação da prova, no formato e na definição do horário

Presidente da Câmara de Vila Real entre os muitos VIP que vão participar

Directamente de Spa-Francorchamps, onde realizou uma fabulosa corrida de três horas, o Historic Endurance está a caminho de Portugal para mais uma prova especial. Desta vez, os icónicos modelos que habitualmente disputam esta competição organizada pela Race Ready vão acelerar nas ruas de Vila Real

Depois de já terem passado por Pau, esta é a segunda vez em 2017 que as equipas têm pela frente o desafio de correr num circuito urbano. Conhecido pela exigência técnica que coloca aos pilotos, Vila Real pode revelar mais surpresas como sucedeu na última passagem da competição pelo circuito. Em 2014, depois da Pole Position de Mário Silva, foi o holandês Campagne que venceu a primeira prova ao volante do imponente Chevrolet Corvette e do irreverente Paulo Antunes que venceu a segunda prova em Datsun 1200 Coupé.

A lista de inscritos é constituída, na maioria, por formações portuguesas. As equipas nacionais não hesitaram quando perceberam a oportunidade e estão mais habituadas às “complicações” nacionais. Quanto aos concorrentes estrangeiros, muitos ainda se recordam do evento de 2014, acabando por não se fazer representar com tanta força em parte devido aos atrasos na confirmação da prova, apenas no final de Janeiro, já depois do calendário do HE revelado, mas também devido ao formato e  horário da mesma ainda não confirmados, a apenas 5 dias do seu começo.

Apesar de tudo, a grelha terá muitos motivos de interesse. Destaque para a participação de nomes importantes da modalidade, tanto a nível nacional como internacional. John Sheldon, uma lenda de Le Mans com oito participações, vai competir com um Lotus Elan, enquanto António Simões e Mário Silva vão ambos correr em Ford Escort RS1600

A variedade é uma das imagens de marca do Historic Endurance. Em Vila Real isso não será excepção. Além das mais concorridas marcas, como a Porsche e a Ford, haverá ainda automóveis que fazem suspirar muita gente, seja pela exclusividade, seja pela originalidade. Os Pilotos participam com os seus carros de sonho, o que implica que muitas vezes não são os mais competitivos, mas o que mais prazer lhes proporcionam oferecendo um espectáculo diferente aos muitos espectadores esperados. Por isso em Vila Real vai ser possível ver competir um Volvo 121 ou um Chevrolet Corvette Grand Sport com a impressionante cilindrada de 6,2 litros.

Mas o Historic Endurance não é exclusivo para modelos grandes e potentes. Há espaço para verdadeiras preciosidades como o Alfa Romeo GTAm ou o Fiat 128 Coupé, ambos modelos que não escondem a sua origem italiana.

Para Diogo Ferrão, Vila Real vai ser o palco de mais um excelente evento do Historic Endurance. “As provas citadinas misturam sempre a grande paixão que todos temos pelos automóveis com o espírito club racing que se estende por todo o paddock. Esperamos proporcionar um bonito espectáculo ao aficionado publica, que tão bem nos recebeu em 2014, onde muitos ainda se recordam da época áurea do circuito, quando estes modelos nele participavam.”, disse o responsável.

 

 

Scroll To Top