Domingo , Maio 26 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / O FRANCÊS GAETAN PALETOU É O CAMPEÃO EUROPEU DA GT ACADEMY 2014
O FRANCÊS GAETAN PALETOU É O CAMPEÃO EUROPEU DA GT ACADEMY 2014

O FRANCÊS GAETAN PALETOU É O CAMPEÃO EUROPEU DA GT ACADEMY 2014

 

* Fantástica e intensa performance no Race Camp abre as portas de uma carreira no desporto

motorizado com a Nissan para este impressionante jogador de Gran Turismo®

* O português Pipo Rodrigues destacou­se como o melhor do grupo ibérico e foi um dos sete

finalistas, mas na corrida final viu­se arredado da luta pelo título

Silverstone ­ 7 de Agosto de 2014 ­ A edição europeia do Nismo PlayStation® GT Academy 2014 Race

Camp chegou a um emocionante final no circuito britânico de Silverstone, coroando como campeão Gaëtan

Paletou, de 22 anos, oriundo de Barzun, França. O novo campeão sucede ao português Miguel Faísca, campeão

de 2013, e vai agora desfrutar de quatro meses num dos mais avançados e premiados programas de

desenvolvimento de pilotos do mundo, antes de se juntar à equipa de competição da Nissan para as 24 Horas do

Dubai em Janeiro de 2015.

Pipo Rodrigues, um dos finalistas portugueses, destacou­se como o melhor do grupo ibérico, que contou ainda

com Sérgio Fonseca. Pipo Rodrigues foi um dos sete finalistas deste ano mas viu­se envolvido num acidente

entre os pilotos italiano e belga na corrida final e não conseguiu assim discutir a vitória.

Gaëtan Paletou terá agora a oportunidade de mostrar que tem todas as aptidões necessárias para se tornar num

atleta NISMO e correr por todo o mundo ao volante de automóveis de competição da Nissan, seguindo os passos

de antigos campeões como Lucas Ordoñez (a correr actualmente no Campeonato Japonês de Super GT), Jann

Mardenborough (que já venceu uma corrida este ano no altamente competitivo campeonato de GP3 Formula 1)

e Miguel Faísca, vencedor na sua corrida de estreia na última edição das 24 Horas do Dubai.

Gaëtan apurou­se para o Race Camp entre centenas de milhares de jogadores de Gran Turismo® que

participaram nesta competição por toda a Europa. Depois de ganhar a sua Final Nacional, chegou a Silverstone

como um dos seis representantes de França, juntando­se aos restantes 41 competidores europeus, em

representação de 12 países, divididos em sete grupos de territórios.

Durante oito dias, os finalistas foram postos à prova dentro e fora de pista. Desfrutaram das mais competentes

instruções de corrida por parte dos melhores mentores, numa série de automóveis da Nissan, incluindo o

poderoso GT­R, o 370Z Nismo e o 370Z. Cada grupo criou laços fortes com os seus juízes de território, que

atuaram também como mentores, mas que tiveram de tomar as difíceis decisões quando chegaram as fases

eliminatórias da competição.

Para além de serem avaliados sobre as suas aptidões de condução em circuito, os finalistas foram também

postos à prova numa série de desafios que incluíram uma competição em pista de obstáculos, uma corrida com

os Nissan Micra Stock Cars, o Pit Stop Challenge com um Nissan Juke Nismo, uma Gincana Frente­A­Frente, uma

corrida de Buggies todo­o­terreno, o Traffic Challenge com o Nissan GT­R, uma corrida de perseguição com o

Nissan 370Z e um desafio de condução acompanhados dos respectivos juízes que incluiu antigos pilotos de F1,

como René Arnoux, Dani Clos, Rob Barff, Tim Coronel e as estrelas de GP2, Luca Filippi e Josef Kral.

As eliminações graduais conduziram à pré­final onde cada juiz teve de decidir qual dos seus dois melhores

pilotos iria sentar­se ao volante do 370Z para uma corrida de oito voltas no circuito internacional de Silverstone.

A sessão de qualificação eliminou dois condutores e apurou os cinco que entraram na corrida, entre os quais se

encontrava Pipo Rodrigues.

A corrida em si foi intensa desde o arranque inicial. Três carros chegaram à primeira curva, lado a lado. O piloto

italiano, pelo lado de fora da curva bateu no piloto belga que, por sua vez, bateu no carro de Pipo Rodrigues, o

condutor português que seguia pelo interior da curva. A corrida do piloto italiano acabou na gravilha, enquanto o

português conseguiu chegar até à boxe, onde viria a desistir. Quem beneficiou com tudo isto foi Gaëtan, que

tirou proveito deste incidente para assumir a liderança que manteve até ao fim. O britânico Karl Chard, que

seguia em segundo lugar falhou, aparentemente, uma passagem de caixa, tendo sido ultrapassado pelo piloto

belga Cedric Wauters que acabaria em segundo.

Após uma intensa deliberação dos juízes, coube ao juiz principal da GT Academy e antigo piloto de Fórmula 1,

Johnny Herbert, anunciar o vencedor no pódio do circuito internacional de Silverstone, juntamente com o criador

da série Gran Turismo e Presidente da Polyphony Digital Inc., Kazunori Yamauchi, e com o Diretor de Marca,

Marketing e Vendas da NISMO, Darren Cox, que entregaram os troféus aos vencedores.

condutor português que seguia pelo interior da curva. A corrida do piloto italiano acabou na gravilha, enquanto o

português conseguiu chegar até à boxe, onde viria a desistir. Quem beneficiou com tudo isto foi Gaëtan, que

tirou proveito deste incidente para assumir a liderança que manteve até ao fim. O britânico Karl Chard, que

seguia em segundo lugar falhou, aparentemente, uma passagem de caixa, tendo sido ultrapassado pelo piloto

belga Cedric Wauters que acabaria em segundo.

Após uma intensa deliberação dos juízes, coube ao juiz principal da GT Academy e antigo piloto de Fórmula 1,

Johnny Herbert, anunciar o vencedor no pódio do circuito internacional de Silverstone, juntamente com o criador

da série Gran Turismo e Presidente da Polyphony Digital Inc., Kazunori Yamauchi, e com o Diretor de Marca,

Marketing e Vendas da NISMO, Darren Cox, que entregaram os troféus aos vencedores.

“É incrível!”, disse um radiante Gaëtan. “Fiquei muito feliz por ter ganho a corrida, mas não sabia que ia vencer

a GT Academy. É muito especial para mim e para todos os meus amigos que me apoiaram. Esta foi uma

extraordinária experiência, uma longa e dura semana e uma competição muito renhida, pelo que estou muito

feliz por ter ganho. Agora tenho de manter o ritmo para o próximo passo.”

Darren Cox tem sido uma força motriz por detrás da GT Academy desde o início. “Tenho desfrutado da

experiência de cada Race Camp desde que começámos e está a ficar cada vez maior e melhor a cada ano que

passa”, disse. “A GT Academy continua a provar que é possível termos fantásticos pilotos de competição, que

estão a registar resultados impressionantes por todo o mundo. O seu sucesso é apoiado pelo enorme interesse

sobre a GT Academy no seio da comunidade do desporto automóvel e dos amantes da competição. Gaëtan pode

inspirar­se nos resultados dos vencedores anteriores e, com o fantástico treino e oportunidades que vai receber

nos próximos quatro meses, estou confiante que teremos outro piloto que deixará a sua marca no desporto

automóvel”.

Muito atento também a todos os desenvolvimentos do Race Camp esteve Kazunori Yamauchi, que fundou a

competição com a Nissan em 2008. “Fiquei muito impressionado com o Race Camp Europeu deste ano e com o

padrão já alcançado pelos jogadores de Gran Turismo. A satisfação que tenho é que entregámos os nossos

melhores jogadores às mãos da Nissan, que continuará o seu desenvolvimento como pilotos de competição real.

Esta é uma parceria única e especial e estou muito orgulhoso pelo que alcançámos juntos. Foi fantástico

encontrar tantos fãs de Gran Turismo no Race Camp. Dou os meus parabéns a todos e sei que beneficiarão da

experiência do GT Academy para atingirem os seus objectivos na vida. Dou especiais felicitações a Gaëtan pela

sua vitória”.

Mais detalhes sobre a GT Academy 2014 podem ser encontrados em várias plataformas, incluindo:

www.facebook.com/GTAcademy, http://www.gran­turismo.com/ e Twitter @GTAcademy.

 

Scroll To Top