Segunda-feira , Julho 22 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Patrick Cunha (Lamborghini) impõe-se pela primeira vez
Patrick Cunha (Lamborghini) impõe-se pela primeira vez

Patrick Cunha (Lamborghini) impõe-se pela primeira vez

Patrick Cunha (Lamborghini) registou o melhor tempo na primeira subida de hoje, segunda da Rampa da Falperra, pontuável para o Campeonato Nacional de Montanha, e assumiu o comando a nível nacional, tendo pouco mais de dois segundos de vantagem sobre João Fonseca (Norma M20FC), que continua a dominar na Categoria 1. O terceiro tempo da subida foi para Rui Ramalho (Juno SSE), que está a 3,025 s. de João Fonseca.

José Silvino Pires (Porsche 996 RSR) é o vice-líder da Categoria 2, que nesta subida “perdeu” um concorrente. Edgar Reis (Porsche 997) deu um toque na chicane e a ficou por aí, tendo, inclusive, que haver repetição de subidas para quem o seguia.  Joaquim Teixeira está com a melhor marca, no tempo acumulado, a cinco segundos de Pires, depois de se queixar por ter encontrado público na pista.

Tiago Reis (Ford Fiesta) continua a ser sistematicamente o quarto e dominador da Categoria 3 e tem 21,388 s. de avanço sobre Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI) que por sua vez tem uma vantagem de 1,516 s. sobre Luís Barros (Mercedes 190E), com quem vai discutir os restantes lugares do pódio, já que Luís Nunes (Seat Leon), quarto, tem um atraso de 3,268 s., em relação ao piloto do Mercedes.

Na Categoria 4, Valter Sousa (Ford Escort) foi o mais rápido (2.39,064) e bateu pela primeira vez, no fim-de-semana, José Pedro Gomes (Ford Escort MK II), que, apesar de ter cedido 0,765 s. ao seu adversário, conservou o comando da Categoria, com 1,599 s. de vantagem sobre Valter Sousa.

Pedro Silva (VW Golf), terceiro na subida, manteve idêntica posição na Categoria.

Em termos de Campeonato da Europa, o italiano Simone Faggioli (Norma M20FC) não só fez o melhor tempo (1.49,364), como estabeleceu um novo “record” do traçado, com o piloto a considerar que a rampa “ainda não acabou e vou tentar melhorar o tempo”.

E se o triunfo está assegurado, pois Simone Faggioli tem 8,100 s. de vantagem sobre Fausto Bormolini (Reynard K02), a luta pelo segundo lugar está ao rubro, uma vez que Sebastien Petit (Lola B06/51) dista escassso 0,075 s. do piloto do Reynard, com Milos Benes (Osella FA30) a aspirar a um lugar no pódio, porque o piloto do Lola está a menos de um segundo (0,698 s.)

Na terceira subida pontuável para o Desafio Único continuou a assistir-se a um cerrado duelo entre Luís Delgado (Alfa Romeo 156) e João Baptista (Alfa Romeo 156), os mais rápidos em cada uma das subidas de ontem, com Luís Delgado a desempatar o número de triunfos, como consequência do facto de ter sido 1,162 s. mais rápido do que o seu adversário.

Situação semelhante é vivida na discussão do derradeiro lugar do pódio, com Joaquim Soares (Alfa Romeo 156) a bater Paulo Ribeiro (Alfa Romeo 156) por menos de um segundo (0,954 s.)

Fotos de Foto GTI

 

 

Scroll To Top