Sábado , Julho 20 2019
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Pedro Oliveira/Ricardo Oliveira vencem na estreia
Pedro Oliveira/Ricardo Oliveira vencem na estreia

Pedro Oliveira/Ricardo Oliveira vencem na estreia

 

Caiu o pano sob uma muito disputada edição do Rali TT Reguengos de Monsaraz, a jornada de abertura do Desafio Total Mazda 2016. Esta jornada alentejana contou com enorme animação nomeadamente em torno da competição promovida pela Mazda Motor de Portugal e pela Cepsa Portuguesa e que levou nada mais nada menos que 12 Mazda Proto até Reguengos de Monsaraz.

Um percurso duríssimo, muito pó e uma série de incidentes marcaram esta ronda inicial do Desafio, que fica marcada pela estreia vitoriosa da dupla Pedro Oliveira/Ricardo Oliveira, líderes deste particular desde o meio da manhã. A dupla da PCR Motorsport já tinha dado um ar da sua graça na etapa de ontem, em que alcançou a terceira melhor marca. Pois hoje, os irmãos Oliveira voltaram a deixar bem patentes os seus intentos e lograram subir ao mais alto lugar do pódio – 13º lugar à geral – naquela que foi a sua primeira prova aos comandos do Mazda Proto concorrente ao Desafio Total Mazda.

No final, o piloto esclarecia que “foi uma prova dura em que a segunda metade tivemos que gerir o andamento sob pena de ficarmos pelo caminho devido a uma fuga de água no motor. Ainda assim conseguimos ganhar e isso deixa-nos muito contentes. Esta também é uma vitória das crianças do IPO que nos acompanham nesta aventura.” Recorde-se a dupla Pedro e Ricardo Oliveira disputa o Desafio apoiando as crianças internadas no Serviço de Pediatria do Instituto Português de Oncologia, crianças com as quais desenvolve diversas acções de apoio.

Segundos melhores à chegada a Reguengos de Monsaraz, Francisco Gil/Filipe Rasteiro realizaram uma prova sem incidentes de maior, numa corrida em que cedo se percebeu que iam divertir-se. “Gostei muito de disputar esta prova e deu-me imenso gozo tirar partido do carro que esteve sempre impecável. No segundo sector ainda perdemos algum tempo por nos termos perdido, mas a verdade é que o resultado final é muito bom,” afirmou o Piloto.

Tiago Avelar, experiente na disciplina, mas estreante no Desafio, também chegou ao final de sorriso nos lábios. O piloto da PCR Motorsport andou o que pôde e considerou que “podia ter feito melhor não fosse um furo que nos fez perder muito tempo. Ainda assim, acho que foi uma jornada positiva. Face ao plantel de participantes não pensava conseguir chegar ao pódio, portanto o resultado foi claramente acima do esperado.”

Etelvino Carvalho/João Penedo foram quartos, enquanto João Pedro Pais/Pedro Marcão e Pedro Salgueiro/Gonçalo Pires encerraram a classificação dedicada ao Desafio Total Mazda, respectivamente no quinto e sexto lugar.

Manhã repleta de histórias

O primeiro sector selectivo ficou marcado por uma série de peripécias umas com maior impacto no resultado, outras menos influentes. A prova teve o seu início consideravelmente atrasado devido ao acidente de um concorrente de moto, que fez resvalar o programa pré-definido em cerca de duas horas. Com 12 Mazda Proto à partida, foi de trás que veio a primeira surpresa, com Bruno Rodrigues a assumir a liderança do Desafio, até ao quilómetro 50. Com João Rato fora da corrida, Francisco Gil também deu sinais de querer “mostrar serviço”, mesmo com a transmissão dianteira direita partida.

Etelvino Carvalho travou uma luta hercúlea com a gestão electrónica do motor do seu carro, mas terminou “são e salvo” a manhã, enquanto Tiago Avelar se queixava do facto de alguns concorrentes teimarem a não se deixar ultrapassar. Depois de resolvido os problemas do dia anterior, João Pais tentou controlar os adversários à distancia, mas na fase final da manhã viu-se apoquentado por uma falha da direcção assistida, que o destruiu fisicamente.

Francamente mal correram as coisas para João Rato/Vítor Oliveira, líderes ao cabo do primeiro dia de prova, mas que, devido a um problema de aquecimento do motor do seu Proto, foram os primeiros a colocar o nome na lista de abandonos. Mais adiante ficariam também pelo caminho, Bruno Rodrigues/Ricardo Claro (excesso de penalização), que chegaram a estar à frente do Desafio. Igual desfecho conheceram Jorge Cardoso/Joaquim Norte (suspensão), Rui Lopes/Luís Ferreira (transmissão) e Bruno Oliveira/Paulo Marques (despiste). Floriano Roxo/Nuno Roxo viriam a abandonar após um acidente com outro concorrente em prova no início do sector vespertino.

O Desafio Total Mazda regressa a 17 e 18 de Junho com a disputa do Baja do Pinhal, organizada pela Escuderia de Castelo Branco.

 

Scroll To Top