Terça-feira , Dezembro 18 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Pilotos Yamaha sagram-se campeões em Góis
Pilotos Yamaha sagram-se campeões em Góis

Pilotos Yamaha sagram-se campeões em Góis

Luís Teixeira (TT3) e Sebastian Buhler (TT1) conquistaram título
• António Maio foi o vencedor absoluto em Góis

A equipa Yamaha Pinhelworks Ray Just Energy conseguiu um resultado histórico ao alcançar o primeiro, segundo e terceiro lugares da classificação geral. Luís Teixeira e Sebastian Buhler são já campeões nacionais nas respectivas classes (TT3 e TT1) e António Maio, com este triunfo, adia a discussão do título para a última jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, a Baja 500 Portalegre, prova que já venceu por cinco vezes.

António Maio gastou 03h38m12s a percorrer os dois troços com 110 km de extensão cada, tendo terminado a corrida com uma vantagem de 08m sobre o seu mais direto adversário e actual campeão nacional, Mário Patrão.

A Equipa Yamaha Pinhelworks Ray Just Energy repetiu o resultado histórico alcançado na Baja TT Terras de Alcoutim e na Baja TT Idanha-a-Nova ao ver os seus pilotos vencer de forma absoluta e as respectivas classes.

“Estou muito satisfeito não só com o meu resultado, mas também com o de toda a equipa. Não podia ter sido melhor. A equipa tem feito um trabalho exemplar para que isto aconteça, por isso agradeço à equipa e agradeço também aos meus companheiros pelos títulos que alcançaram. A discussão do título absoluto fica adiada para a competição de Portalegre, uma prova bem ao meu jeito, da qual gosto muito. Nesta corrida, apesar da vantagem com que parti para a segunda etapa, tentei manter a concentração, estava focado em dar o meu melhor e em terminar sem correr o risco de falhar”, salienta António Maio.

Sebastian Buhler, o mais jovem elemento da equipa que terminou esta que é a sexta e penúltima jornada do Campeonato em segundo lugar, mostra-se satisfeito e salienta que “por ser jovem, a conquista deste título é muito importante para a minha evolução. Estou muito feliz com o segundo lugar absoluto alcançado nesta prova, por ser uma corrida onde não se notava grande diferença da minha mota para as grandes. Agradeço à equipa o empenho e dedicação neste projecto.”

Para Luís Teixeira que completou o pódio Yamanha na terceira posição, “este foi o concretizar de um objectivo. Queria conquistar o título em Góis e foi o que aconteceu. Foi um campeonato difícil e não podia estar mais satisfeito com a conquista deste título. Ao longo do Campeonato fui evoluindo, o facto de integrar uma excelente equipa que me apoia tem sido fundamental e foi determinante para este sucesso”.

Para o piloto e chefe de equipa Frederico Fino, trata-se “de um resultado brilhante, melhor é impossível. Toda a equipa está de parabéns, desde os pilotos, amigos, assistentes e mecânicos. Todos trabalharam imenso e muito bem. Agora só nos falta o título absoluto na classe TT2, que será decido na Baja Portalegre”.

A derradeira prova do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno disputa-se de 30 de Outubro a 1 de Novembro, em Portalegre, a Baja Portalegre 500.

 

Scroll To Top