Quinta-feira , Setembro 23 2021
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Portugueses em destaque nas 24h de Spa-Francorchamps
Portugueses em destaque nas 24h de Spa-Francorchamps

Portugueses em destaque nas 24h de Spa-Francorchamps

Um terceiro lugar tirado a ferros na Pro-AM, permitiram a que Ramos, Chaves, Machitski e Mitchell subissem ao pódio em Spa-Francorchamps, 24h depois de terem arrancado para a mais longa das provas da temporada 2021 da Fanatec World Challenge. 

A incerteza é uma constante numa prova de vinte e quatro horas e este ano em Spa-Francorchamps isso voltou a acontecer, com a vitória a ficar decidida a dez minutos do final, com a ultrapassagem de Alessandro Pier Guidi ao volante do Ferrari 488 da Iron Lynx, ao Audi R8 de Dries Vanthoor, com quem vinha a alternar a liderança em função dos reabastecimentos.

Na Pro-AM a vitória caiu para o Ferrari 488 #53 de Duncan Cameron, Rino Mastronardi, Matt Griffin e Miguel Molina. O Lamborghini #77 dos Portugueses Miguel Ramos e Henrique Chaves, com os reforços Leo Machitski e Sandy Mitchell, ficou em terceiro, logo a seguir ao outro Ferrari 488 da AF Corse, o #52, de Alessio Rovera, John Wartique, Andrea Bertolini e Louis Machiels, estes dois últimos, adversários diretos de Ramos e Chaves no Campeonato. Aliás a Ferrai esteve imbatível pois nos quatro primeiros ficaram três Ferrari sendo o Lamborghini dos Portugueses o único intruso e para além disso ainda venceram a geral.

Esta é das provas mais desejadas por todos os pilotos e Miguel Ramos não fica indiferente “foi uma prova duríssima, como aliás já esperávamos. As condições atmosféricas mantiveram-se muito incertas durante todas as vinte e quatro horas. Tanto estávamos com piso seco, como de repente uma bátega de agua obrigava-nos a mudar para pneus de chuva, para passados poucos minutos parar a chuva e voltarmos a trocar pneus para seco. Foi uma constante durante toda a prova, o que ainda se tornou mais difícil durante a noite. Tivemos boas batalhas ao longo da prova, alguns toques com alguns danos que nos obrigaram a perder algum tempo, mas no meio de todas as condicionantes, acho que fizemos um excelente resultado, com este terceiro lugar da Pro-AM. Os Ferrari estavam imbatíveis e por mais que tivéssemos tentado, a diferença era abismal. Aliás percebe-se bem o equilíbrio conseguido, pois na Pro-AM nos quatro primeiros, o único não Ferrari fomos nós e para além disso, ainda venceram a geral”.

A Fanatec GT World Challenge regressa no final de Agosto (28/29) com a prova da Sprint Cup a ter lugar em Brands Hatch (Inglaterra).

&nbsp

Scroll To Top