Sábado , Fevereiro 23 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Quatro portugueses a caminho de Abu Dhabi para a final europeia do GT Academy 2015
Quatro portugueses a caminho de Abu Dhabi para a final europeia do GT Academy 2015

Quatro portugueses a caminho de Abu Dhabi para a final europeia do GT Academy 2015

Fábio Ramalhinho, Miguel Lucas, Pedro Martins e Tiago Carvalho a caminho de Abu Dhabi, para competirem no Race Camp, com o sonho de se tornarem pilotos profissionais

* Miguel Faísca, vencedor da edição de 2013 da GT Academy, foi um dos jurados da Final Nacional realizada em Lisboa

 Quatro portugueses, com idades compreendidas entre os 20 e os 40 anos, vão representar o país na Final Europeia da edição 2015 do GT Academy que, pela primeira vez na história da competição, vai ter como palco Abu Dhabi. No famoso circuito de Fórmula 1 Yas Marina, um eborense, um lisboeta, um portuense e um camacheiro (freguesia da Camacha, Madeira) vão procurar repetir o sucesso alcançado por Miguel Faísca, o primeiro e até agora único português que se se sagrou campeão da Europa da GT Academy.

Apesar das diferentes proveniências e idades, os quatro têm em comum o talento demonstrado aos comandos de um Nissan no jogo Gran Turismo 6 e o sonho de serem pilotos profissionais. Dois ficaram automaticamente selecionados, depois de terem sido os mais rápidos na competição nacional online. Mais concretamente, Miguel Lucas e Pedro Martins. Já Fábio Carvalhinho e Tiago Carvalho foram apurados na final portuguesa da Nismo PlayStation® GT Academy 2015 que, ao longo de dois dias, decorreu junto à estação da Gare do Oriente, em Lisboa.

Dois dias de grande animação, mas também de muitas emoções, ou não tivessem passado pelos simuladores montados no espaço da Nissan, mais de 200 portugueses que procuravam o seu lugar na final de Abu Dhabi. Isto para além de uma pequena multidão de acompanhantes e de curiosos, que não deixaram, igualmente, de experimentar o Gran Turismo 6. Mas se a rapidez foi determinante para a seleção dos dois vencedores, não foi, no entanto, o único fator que pesou na decisão do júri, uma vez que os participantes foram também sujeitos a um teste de reação e a uma entrevista.

Entre os jurados, natural destaque para Miguel Faísca, o vencedor da edição de 2013 da GT Academy Europeia. O português que, depois da consola da PlayStation e como piloto oficial da Nissan, brilhou em algumas das mais importantes e prestigiadas competições, como: as 24 Horas do Dubai, o Blancpain Endurance Series e as 4 Horas do Estoril (European Le Mans Series).

Natural de Évora, Fábio Ramalhinho foi um dos dois portugueses selecionados na final disputada em Lisboa com os simuladores. “Sempre tive o sonho e a ambição de ser piloto profissional. Se não fosse a Nissan e a PlayStation nunca ia ter esta oportunidade”, sublinha o alentejano de 23 anos. “Vou para Abu Dhabi para aprender o mais possível, mas reconheço que não foi fácil chegar aqui. Eu é que construí o meu simulador e passei mais de um ano a treinar, cerca de duas horas diárias e oito horas por dia no Verão.”

Com 40 anos, Miguel Lucas admite não ser “um jovem, mas não podia deixar de aproveitar esta oportunidade. Sempre tive o sonho de ser piloto profissional e foi uma alegria enorme quando fui selecionado para Abu Dhabi. Jogo há muitos anos e, nos últimos dias, admito que cheguei a jogar seis a sete horas por dia. Sim, foi muito difícil, mas agora só penso em ganhar. O meu estado de espírito é esse e, honestamente, não posso pensar de outra maneira.” O lisboeta ficou apurado na competição online.

Também apurado na competição online, Pedro Martins considera que “representar Portugal na final europeia do GT Academy é um grande acontecimento. Lutei muito por esse objetivo, com muito treino e dedicação”, reconhece o madeirense da Camacha. “Sempre gostei de automóveis e de competição, mas viver numa ilha também não ajudou a concretizar o sonho de ser piloto profissional. É a primeira vez que participo no GT Academy e, em Abu Dhabi, quero fazer um bom resultado.”

Com 20 anos, Tiago Carvalho foi outro dos apurados na final nacional disputada em Lisboa com os simuladores. Natural do Porto, admite que a presença em Abu Dhabi constitui “uma grande oportunidade. Uma parte do sonho está cumprida, mas ser piloto de automóveis é um objetivo de há muitos anos. Treinei muitas horas para chegar aqui – mais do que a minha mãe muitas vezes queria! – mas agora quero aproveitar ao máximo esta experiência única. Vou dar o meu melhor e, no final, vamos ver o resultado.”

A GT Academy é uma colaboração entre a PlayStation® e a Nissan que usa o mundo virtual do jogo Gran Turismo® para descobrir talentos de competição no mundo real. São seleccionados campeões de competições na Europa (França, Itália, Reino Unido, Espanha, Portugal, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Rússia, Suécia, Polónia e República Checa), Alemanha, EUA/Canadá e de uma nova GT Academy Internacional que compreende a Austrália, Índia, Médio Oriente (EAU, Qatar, Omã, Bahrein, Arábia Saudita, Líbano e Kuwait), México e Tailândia.

 

Scroll To Top