Sábado , Maio 30 2020
ÚLTIMAS
Home / BLOG / Raposo de Magalhães candidato ao ACP(por Paulo Homem)
Raposo de Magalhães candidato ao ACP(por Paulo Homem)

Raposo de Magalhães candidato ao ACP(por Paulo Homem)

Foi entregue hoje na sede do ACP – Automóvel Clube de Portugal, em Lisboa, a candidatura de António Raposo Magalhães e Rui Madeira à presidência do Automóvel Clube de Portugal.

Sob o lema “Numa Nova Direcção”, a lista de António Raposo Magalhães engloba várias personalidades da sociedade civil, um grupo de sócios que inclui gestores, empresários, políticos e ex-pilotos e conta com Teresa Torres como mandatária, viúva de César Torres, antigo Presidente e um nome indissociável da história e prestígio do ACP.

Com um larga experiência no sector segurador e na banca, António Raposo Magalhães lidera a lista que se propõe “renovar as estruturas de poder daquele que é o maior clube português”. Secundado por Rui Madeira, arquitecto e ex-campeão mundial de ralis, a lista de Raposo Magalhães conta ainda com Jorge Brito Pereira, advogado, partner da PMLJ e Chairman da NOS, e José Ramos, presidente do Grupo Salvador Caetano, que presidirá à Comissão de Revisão de Contas.

Para António Raposo Magalhães “Esta candidatura simboliza o descontentamento geral face ao rumo do ACP. Estamos a assistir à alienação do património do Clube e à ausência de uma estratégia de gestão cujo foco esteja centrado na entrega de valor aos sócios. Não procuramos protagonismos ou afirmação. Pretendemos colocar ao dispor do clube as nossas experiências pessoais e profissionais. Acreditamos que a nossa equipa tem a capacidade e a motivação para fazer um trabalho que permita recuperar a mística e o prestígio do maior clube português. Queremos mais transparência e melhor rigor na gestão. Vamos assumir o ACP – Numa nova direcção.”

Para o líder da lista, hoje apresentada, “é ainda necessária uma maior participação dos sócios na vida do Clube. Os sócios têm de ser de ser ouvidos, têm de participar na vida do Clube, mas para isso é preciso que a direção os queira ouvir, e esta direção claramente não está interessada”.

Teresa Torres, aderiu com entusiasmo ao projeto desde a primeira hora já que, nas suas palavras “esta é a equipa que vai honrar a obra e a memória do meu marido”.

O prazo para entrega das candidaturas termina em 27 de Fevereiro e o ato eleitoral terá lugar dia 30 de Abril.

 

Texto e photo:Paulo Homem(ralisonline.net)

 

Scroll To Top