Terça-feira , Maio 17 2022
ÚLTIMAS
Home / RALLYCROSS / Ribeiro do sol à neve
Ribeiro do sol à neve

Ribeiro do sol à neve

Montalegre cumpriu a tradição e, além de emoções fortes, deu a todos um frio dia de sol de Primavera e uma tarde cinzenta de neve.

O momento de maior emoção foi o que se viveu na segunda Meia-Final da categoria rainha do RX Portugal by Transwhite, com dois toques logo após o arranque da corrida. O primeiro foi entre Pedro Tiago e André Sousa, com o piloto Skoda Fabia a ficar parado do lado direito da recta da meta.

Metros à frente, na curva 3, foi a vez de Rogério Sousa entrar em pião depois de um “roda-com-roda” com o Peugeot 208 de António Sousa, mas foi o primeiro desentendimento em pista que levou à apresentação da bandeira vermelha momentos depois, já que Pedro Tiago acabou por não abandonar o carro e a equipa médica teve de entrar em pista para confirmar que estava tudo OK com o piloto.

Mas o susto maior estava ainda por vir, com Mário Barbosa, já com as bandeiras vermelhas em toda a pista, a falhar por muito pouco um toque no Ford Fiesta de Rogério Sousa, quando este se preparava para sair da pista. Felizmente, não passou de um momento de maior emoção. Já com os corações a baterem de forma mais tranquila, e com Pedro Tiago finalmente assistido e a pista limpa, foi altura para a repetição da Meia-Final B, um particular em que Barbosa acabou por levar a melhor após nova excelente partida, superando Jorge Machado e António Sousa.

Os irmãos Sousa acabaram por não alinhar na repetição, André Sousa por problemas mecânicos no seu Peugeot 207 e Rogério Sousa por ter saído da pista aquando da amostragem da bandeira vermelha. Mas o fim da história só teve lugar mais tarde, com Mário Barbosa a ser desclassificado na sequência do que se passou aquando da mostragem da bandeira vermelha.

Antes disso, na primeira Meia-Final, o Campeão João Ribeiro rodou rumo a novo triunfo para garantir a pole na Final, isto apesar dos intentos de Joaquim Machado. Atrás deles, animado despique entre Tiago Ferreira e Rafael Rego pelas duas últimas posições de acesso à Final, com o Campeão em título dos Iniciados a garantir excelente estreia na categoria ao fechar o lote dos apurados.

Ainda assim, e como se não bastassem as emoções fortes das Meias-Finais, a Final foi também muitíssimo disputada e com um elemento extra a assumir-se como protagonista… A neve que se fez sentir no Circuito de Montalegre deixou a pista com um manto branco e exigiu ainda mais dos pilotos. É certo que João Ribeiro logrou o que acabou por ser um triunfo tranquilo, com Joaquim Machado a reclamar um solitário intermédio do pódio e Jorge Machado a ficar com o terceiro lugar a cerca de 2,5 segundos do seu irmão.

Uma prova de abertura de época que acabou por ser muito exigente, com a pista a oferecer pouca aderência, mas grande espectáculo. Quem não teve tarefa fácil e viu o limpa para-brisas do seu Peugeot não cooperar foi o estreante Rafael Rego. O Campeão de Iniciados de 2021 rodava em quarto quando se viu forçado a baixar o ritmo, conseguindo no entanto levar o carro até ao fim.

&nbsp

Scroll To Top
Posting....