Domingo , Outubro 24 2021
ÚLTIMAS
Home / MONTANHA / RICARDO LOUREIRO VENCE CAMPEONATO PORTUGAL DE CLÁSSICOS DE MONTANHA EM, BOTICAS
RICARDO LOUREIRO VENCE CAMPEONATO PORTUGAL DE CLÁSSICOS DE MONTANHA EM, BOTICAS

RICARDO LOUREIRO VENCE CAMPEONATO PORTUGAL DE CLÁSSICOS DE MONTANHA EM, BOTICAS

 

 

Depois da boa exibição que se saldou com a segunda posição no Campeonato Portugal de Clássicos de Montanha, na rampa da Arrábida, jornada inaugural, desta vez para a rampa de Boticas que se realizou no passado fim de semana em Boticas, Ricardo Loureiro vinha determinado em vencer a categoria e se assim o pensou, planeou , assim o concretizou.

 

Mas Ricardo Loureiro na primeira subida de treinos, acabaria por fazer toda a extensão da Rampa de Boticas em 3.07.740 à média de 96,49 km/h, arrebatando logo a liderança da categoria do Campeonato Portugal de Clássicos de Montanha, para logo de seguida na segunda subida de treinos conseguir impor de novo a sua lei ao rubricar um excelente crono de 3.030544 à média de 98,65 km/h, continuando assim a cimentar a sua liderança em termos de Campeonato Portugal Clássicos de Montanha .Sempre preocupado com a obtenção dos melhores set-up, na terceira subida de treinos, Ricardo Loureiro não faz a subida, mas para a primeira subida  oficial de prova, o piloto do Ford EScort MK 2 . não consegue melhor do que 3.02.010, sendo assim suplantado na liderança do Campeonato Portugal de Clássicos, passando a estar na segunda aposição.

 

 

Após  uma noite de descanso, no domingo de manha, as condições meteorológicas mostraram que iam provocar dificuldades a todos os pilotos, pois  a chuva caía  de forma abundante, ao ponto de provocar difíceis condições de aderência, mas mesmo assim Ricardo Loureiro não esmoreceu “calça pneus  de chuva “ no Ford Escort, e vai para a linha de partida, onde acaba por fazer num excelente tempo de 3.44.0202, à média de 80,83 km/h, voltando assim de novo à liderança do Campeonato Portugal de Clássicos de Montanha. Motivado por este resultados, para a segunda subida oficial de prova, Ricardo Loureiro passa “ ao ataque”, e de forma fulminante faz um tempão de 3.24.164 à  média de 88,60 km/h, consolidando assim a sua liderança em termos do Campeonato Portugal de Clássicos de Montanha.

 

Tudo em aberto para a última subida oficial de prova, com o sol a aparecer e a pista e a secar, e depois de tomar a decisão de subir com pneus slicks, Ricardo Loureiro acaba de dar a estocada final na concorrência mais directa, fazendo toda a extensão da rampa de Boticas em 3.04.559 à média de 98,11 km/h, garantindo assim a sua primeira victória esta época.  No final, depois de ter já deixado o seu Ford EScort em parque fechado, todo sorridente dizia-nos “ custou mas consegui .Foi uma prova difícil  pois os meus mais directos adversários não deram um momento de trégua, e por isso tive de me aplicar a fundo no dia de domingo, e saio de Boticas com a victória, objectivo esse completamente atingido, num Campeonato que se está a mostrar muito aguerrido, mas foi um bom fim de semana, estou feliz, mais uns pontos importantes obtidos em termos de Campeonato, agora vamos já  começar a trabalhar na próxima prova que será a Rampa Serra da Estrela “, disse-nos Ricardo Loureiro

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL CAMPEONATO PORTUGAL CLÁSSICOS DE MONTANHA

 

1º RICARDO LOUREIRO – FORD ESCORT

2º Fernando Salgueiro – Ford Escort

3º Daniel Vilaça – BMW 1602

&nbsp

Scroll To Top
Posting....