Sexta-feira , Maio 29 2020
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Ricardo Megre lidera Desafio Polaris
Ricardo Megre lidera Desafio Polaris

Ricardo Megre lidera Desafio Polaris

 

Piloto da Megre Motorsport/Pneuvita esteve muito próximo de alcançar a vitória na segunda etapa do Desafio Polaris ACE que decorreu na região do Pinhal Interior

Ricardo Megre conquistou este fim-de-semana a segunda posição do Desafio Polaris ACE da Baja TT Proença-a-Nova/Oleiros/Mação, competição monomarca enquadrada no Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno.
O piloto e responsável da equipa Megre Motorsport/Pneuvita arrancou para a segunda etapa deste Desafio bastante motivado e começou por vencer o prólogo, composto por 9.62 km, que se disputou no dia 19. De destacar que o tempo alcançado por Ricardo Megre no prólogo foi inferior em 10s ao dos piloto mais rápido do Desafio Mazda da competição auto e corresponderia a um 11º lugar absoluto entre os automóveis.

Infelizmente, ao longo da corrida, algumas complicações no Polaris ACE acabaram por impedir Ricardo Megre de chegar à vitória mas o piloto da Megre Motorsport/Pneuvita viria a terminar em segundo lugar do Desafio Polaris a escassos 24s do vencedor: “de facto a sorte não esteve do meu lado nesta Baja. Ao fim de 15 minutos de prova, alcancei o último piloto dos UTV que arrancou a minha frente e, por muito que buzinasse a pedir passagem, o piloto nunca teve a decência de me deixar passar, mesmo quando passamos uma ribeira, altura em que estava mesmo colado a ele. Andei mais de 20 minutos no seu pó, o que permitiu ao Filipe alcançar-me rapidamente. Depois tive um furo ao quilómetro 40 e acabei por ter que andar cerca de 28 km com um pneu completamente furado. Acabei por ter que parar na assistência para mudar a roda e devido a um problema de sobreaquecimento no motor perdi mais 11 minutos. Como se isso não bastasse, um segundo furo (lento) a 20 quilómetros do fim também me atrasou bastante. Mas, continuei a atacar e tentei imprimir um ritmo rápido para tentar ganhar algum tempo, no entanto, já não foi suficiente. Mesmo assim, terminei na cola do Filipe que andou os últimos 30 quilómetros com um pneu furado. Sei que se tivesse perdido menos um minuto na assistência ou se não fosse o segundo furo podia ter vencido a corrida”, salienta Ricardo Megre.

Com este resultado Ricardo Megre permanece na frente do Desafio Polaris ACE com 27 pontos.

O Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno e o Desafio Polaris ACE vão agora ter um interregno de dois meses prosseguindo nos dias 11 e 12 Setembro com a Baja TT Idanha-a-Nova, prova que também terá a chancela da Escuderia de Castelo Branco.

Classificação do Desafio Polaris ACE 570 (após a 2ª prova)
1º Ricardo Megre, 27 pontos; 2º Filipe Ferreira, 26; 3º Joana Lopes, 18; 4º Alexandre Freitas, 3.

 

Scroll To Top